O futuro Museu do Trabalho e dos Trabalhadores foi alvo de uma reportagem exibida pela TV Globo, no jornal SP TV, nesta quinta-feira (14). 

A obra em pleno centro de São Bernardo do Campo, cidade da região metropolitana de São Paulo, que conta com aporte financeiro do Governo Federal, deveria ter sido concluída há quase 3 anos, mas está abandonada, com lixo espalhado por todo o terreno. No local, uma placa informa que o valor do investimento seria da ordem de R$ 18 milhões. A data de início das atividades foi apagada.

No site oficial da Prefeitura de São Bernardo, uma notícia de junho de 2012 informa que a obra começou naquele período e que estaria pronta em até 1 ano. A reportagem da emissora entrevistou moradores da cidade que confirmaram a paralisação dos trabalhos há pelo menos 2 anos.

Publicidade
Publicidade

A menos de 200 metros do Paço Municipal, o "esqueleto" do museu está todo pichado, cercado de muito mato. O repórter Marcelo Poli entrou no local com a equipe de filmagem. As imagens registradas pela câmera mostram a dimensão da construção e os sinais de abandono. 

O descaso também gerou um problema de saúde para a população de São Bernardo. Em tempos de chuvas diárias na região do Grande ABC, o mosquito da #Dengue encontra facilidade para se reproduzir em espaços abandonados. Entre o lixo, é possível encontrar garrafas, tampas e copos plásticos, potencializando a reprodução do Aedes aegypti. 

No poço do elevador do museu, há muita água acumulada, conforme registrou a reportagem. O jornalista da Globo também encontrou vestígios de que usuários de drogas utilizam o local para alimentar o vício em crack.

Publicidade

A Prefeitura, em resposta, informou através de nota oficial que está concluindo alguns procedimentos administrativos juntamente com o Ministério da Cultura. A previsão, segundo a administração municipal, é de que as obras sejam retomadas até o final de março deste ano com a conclusão de tudo até dezembro.

Ainda de acordo com a nota, a segurança no local será reforçada, e equipes de limpeza removerão o lixo em breve. 

#Doença #Zika Vírus