O TJ-SP - Tribunal de Justiça de São Paulo - foi firme em manter a decisão de que está proibida a realização das provas de vaquejadas e também das provas de laço, em Barretos, no interior do estado de São Paulo.

A maior festa do peão da América Latina acontece todos os anos e atrai milhares de pessoas, não só do Brasil, mas também de vários outros países. Além de muitas atrações musicais, há também a realização do rodeio, porém, muitas pessoas protestavam por alegarem que os #Animais eram maltratados.

Em 2010, uma lei municipal já havia proibido as provas acima citadas, mas em 2015 foi realizada uma alteração na legislação para que as provas pudessem voltar a ser realizadas. De acordo com o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo, esta ação é inconstitucional e as provas continuam sendo proibidas.

Publicidade
Publicidade

"Os Independentes",  grupo responsável pela realização da Festa do Peão, chegou a apresentar um estudo feito por eles mostrando que os animais não sofriam maus-tratos, nem nas vaquejadas e muito menos nas provas de laço.

O grupo responsável pela festa de Barretos foi procurado e através de sua assessoria informou que "Os Independentes" não fizeram absolutamente nada para que a lei fosse modificada e que continua cumprindo o que foi determinado pela justiça, sendo que desde 2006 não realiza mais estas duas provas.

O grupo ainda informou que estão cumprindo o acordo feito no "Termo de Ajustamento de Conduta" que foi realizado em parceria com o Ministério Público Estadual.

RODEIO DE BARRETOS TEM MAIS PROVAS PROIBIDAS

Outra prova que está vetada na festa em Barretos é a prova "Bulldog" que é aquela onde o peão precisa pular sobre o cavalo, enquanto o animal está movimentando-se, depois a meta é derrubar um bezerro e tudo isto precisa ser feito no menor tempo possível.

Publicidade

Desde 2011 que esta prova não pode ser realizada e tudo começou por causa de um animal que morreu nesta ocasião.

"Os Independentes", grupo que promove o rodeio em Barretos, garante que há todo cuidado necessário com os animais e que todas as leis são cumpridas.

Você é contra ou a favor do rodeio de Barretos? #Crime #Casos de polícia