O mês de fevereiro em São Bernardo do Campo, cidade da região metropolitana de São Paulo, foi marcado por diversas denúncias envolvendo problemas na administração municipal, embates na política e até #Crise no futebol. 

No dia 3, a remoção de barracos instalados por diversas famílias no Parque São Bernardo terminou em confusão envolvendo a GCM, Polícia Militar e dezenas de manifestantes. Balas de borracha foram utilizadas para dispersar a população que protestava contra uma decisão judicial de reintegração de posse. 

Ainda na primeira semana do mês, os vereadores são-bernardenses decidiram postergar a votação a respeito do veto imposto pelo prefeito Luiz Marinho envolvendo o debate sobre ideologia de gênero nas escolas municipais. 

O buffet Fantastic House III, na avenida Kennedy, fechou as portas sem avisar, dando um calote em várias famílias que já haviam contratado os serviços da empresa.

Publicidade
Publicidade

Os prejudicados se reuniram e entraram na Justiça para tentar reaver o dinheiro. 

O mês de fevereiro de 2016 ficará na lembrança de dezenas de pacientes do Hospital de Clínicas que participaram de um mutirão de catarata. Vários pacientes ficaram cegos, sendo que alguns chegaram a ter o globo ocular retirado. O caso ganhou o noticiário nacional. 

A escola de samba Renascente foi a campeã do carnaval de São Bernardo. A festa, que andou ameaçada, aconteceu após um acordo entre a Prefeitura e as agremiações que desfilaram nas imediações do Ginásio Poliesportivo da Kennedy. 

A merenda distribuída nas escolas municipais de São Bernardo foi destaque nos jornais locais. No dia 11, centenas de merendeiras protestaram contra o atraso no pagamento dos salários e ameaçaram entrar em greve, mas um acordo na última hora impediu a paralisação.

Publicidade

Nos últimos dias, circulou pela internet um vídeo gravado em uma creche conveniada que acusa a empresa fornecedora da pasta de alho utilizada na merenda de colocar papel entre os ingredientes. O produto foi recolhido para análise. O resultado deve ser divulgado nas próximas semanas.

Os funcionários da Arteb foram surpreendidos no meio do mês com a demissão de 220 colaboradores. A empresa alega que o fraco desempenho da indústria contribuiu para o corte. 

Maurício Soares anunciou sua saída do PT para integrar a chapa de apoio ao candidato Orlando Morando nas próximas eleições. O ex-prefeito não poupou a gestão atual e teceu diversas críticas ao comportamento de Luiz Marinho. 

Eloi Carlone, proprietário da Estância Alto da Serra, morreu no último dia 22 em decorrência de uma rara doença no sangue. O corpo do empresário foi enterrado no cemitério da Vila Euclides. 

O São Bernardo FC, representante da cidade na elite do futebol paulista, está em último lugar no Grupo B, com grande possibilidade de ser rebaixado. #Desemprego #Grande ABC