No último domingo, dia 13, um acidente na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), na cidade de Pirapozinho, no interior paulista, fez seis vítimas fatais. Todas elas se conheciam e eram frequentadoras assíduas da #Igreja Congregação Cristã no Brasil.

Os corpos foram velados em um ginásio de esportes na cidade de Presidente Prudente. Dois sobreviventes seguem internados no Hospital Regional da cidade.

As vítimas tinham entre 15 e 62 anos de idade. Segundo as últimas informações, o Serviço Divino de Funeral realizado pelos dirigentes da igreja será realizado amanhã, 15, às 7 horas da manhã. Na ocasião, espera-se que sejam entoados cânticos, realizadas orações e lida alguma passagem bíblica com a finalidade de confortar os familiares e levar a mensagem do Evangelho aos demais ouvintes.

Publicidade
Publicidade

Parte das vítimas, segundo o cooperador do ofício ministerial da Congregação, Sr. Sebastião Miguel da Silva, voltavam para suas casas após saírem de um culto realizado em Presidente Prudente, no Assentamento Palu.

A fé e devoção dos fiéis é comovente. O cooperador declarou que encaram a fatalidade pelo lado espiritual e que Deus havia dado um recado através da exortação da Palavra de que a irmandade sofreria um "vento", um "barulho muito grande" e que, dessa forma, eles aguardariam o conforto que viria dos céus.

A senhora Margarida Irma Félix da Silva, de 87 anos de idade, avó de duas das seis vítimas, estava bastante abalada. A aposentada era quem criava e cuidava dos netos, sobretudo após a morte da mãe deles.

A causa do acidente ainda não foi esclarecida e está sendo investigada e periciada pelas autoridades competentes.

Publicidade

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, um dos carros envolvidos invadiu a pista contrária, por motivos ainda desconhecidos, e colidiu com o outro veículo frontalmente. Para facilitar o trabalho da equipe da polícia e do resgate, a rodovia foi interditada parcialmente. No entanto, um motorista embriagado invadiu o espaço sinalizado e atingiu um funcionário do DER (Departamento de Estradas de Rodagem). O funcionário foi encaminhado à assistência médica hospitalar e não corre risco de morte. O motorista embriagado foi encaminhado à delegacia de Pirapozinho preso em flagrante por lesão corporal culposa (quando não há intenção de matar) e embriaguez ao volante. #Casos de polícia