A TV Record levou mais um duro golpe da #Justiça nesta segunda-feira, 29. De acordo com informações do site 'Notícias da TV', em matéria publicada nesta quinta, 02, a justiça do trabalho proibiu que o canal demita seus funcionários da Barra Funda, em São Paulo. A decisão assinada pelo desembargador Wilson Fernandes é favorável à uma ação do Sindicato dos Radialistas. Sendo assim, a emissora fica proibida de demitir. 

Em fevereiro, a Record demitiu 59 auxiliares de cinegrafistas. A demissão em massa fez o sindicato entrar com uma ação no Tribunal de Justiça de São Paulo. No mês passado, a emissora já havia sido punida, dessa vez, no Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade

A justiça trabalhista da cidade Maravilhosa mandou que a rede de TV recontratasse 600 pessoas que foram desligadas no final do ano no processo de terceirização do RecNov, centro de produção dramatúrgica.

Nesta terça-feira, 02, houve uma audiência de conciliação, que tinha justamente o objetivo de reverter a demissão dos 59 auxiliares de cinegrafista. Como não teve acordo, o desembargador Wilson Fernandes decidiu fazer a decisão anterior, de proibir novas demissões, válida por tempo indeterminada. Caso a emissora insista em demitir, ela precisará parar R$ 15 mil para casa funcionário que for desligado do canal. 

A primeira decisão aconteceu justamente no dia em que a Record anunciava sua nova programação e a contratação do humorista Fábio Porchat. Nos últimos tempos, a emissora tem gastado bastante com suas produções e contratações, como ocorre com a presença de Maria da Graça Xuxa Meneghel, vista como um objeto de luxo.

Publicidade

Enquanto isso, funcionários são demitidos, enquanto algumas áreas vem mais e mais gente terceirizada. Tudo com o objetivo de economizar mais. Por conta das ações judiciais, a emissora adiou o acordo com o apresentador Augusto Liberato. A produtora dele ficaria responsável por diversos programas, também no esquema de terceirização. Entre as atrações que passariam a ser feitas pela produtora de Gugu está o 'Legendários' e o 'Programa da Sabrina'.  #Negócios #Rede Record