O cirurgião dentista, Dr. Isdael dos Santos, de 66 anos, receberá o título de Cidadão Promissense, de acordo com o Decreto Legislativo 02/2016, redigido pelo Vereador João Balduíno dos Santos Neto e aprovado unanimemente pelo Plenário da Câmara Municipal de Promissão, no interior de São Paulo.

O Presidente da Câmara Municipal, Vereador José Gargaro, outorgará a honraria ao Dr. Isdael dos Santos em solenidade na casa do Poder Legislativo do município. O título de Cidadão Promissense se dá pelo fato de que o Dr. Isdael não é natural de Promissão, mas sim nascido no interior paranaense, na cidade de Mandaguari, em 1950. De berço humilde, com oito irmãos, Isdael estudou na zona rural, em escolas estaduais, e, quando mais crescido, foi para Maringá, depois também Curitiba, no Paraná, para conseguir estudar para ser aprovado no curso de Odontologia, o qual era seu sonho, visto que já trabalhara no ramo.

Publicidade
Publicidade

Casou-se ainda jovem, enquanto estudava para ser Cirurgião Dentista na cidade de Lins. O primeiro filho veio no último ano da faculdade, em 1975. Em menos de dois anos, nasce sua primeira menina, já residindo na cidade de Promissão.

Desde então, nunca mais deixou a cidade tranquila do interior. Hoje, com mais de 40 anos de carreira, Dr. Isdael é reconhecido na área, possuindo mais de 70 cursos de atualização e aperfeiçoamento, atendendo pacientes em sua cidade, na sua região, na cidade de São Paulo e até de outros países. Mesmo assim, não deixa de morar em Promissão, por considerar ser sua cidade predileta.

Em meio a uma agenda de atendimentos apertada e tão cheia de compromissos, Dr. Isdael ainda concilia seu tempo com o ministério que ocupa na Congregação Cristã no Brasil da cidade, onde é Ancião (título que equivale a um bispo, ou pastor, ou reverendo) há 25 anos, tendo sido ordenado em uma cerimônia religiosa após aprovação do Conselho dos Anciães mais antigos da Congregação.

Publicidade

Atende a casa de oração da Rua Washinton Luiz, número 150, todos os domingos, terças-feiras e sábados, junto com companheiros chamados de Cooperadores do Ofício Ministerial.

A função religiosa desempenhado por Dr. Isdael é voluntária e livre de qualquer remuneração. De acordo com o Estatuto da denominação religiosa, qualquer ocupante de encargo ou função da #Igreja não recebe nenhum valor monetário, devendo desenvolver a atividade religiosa voluntariamente.