Um dos crimes mais revoltantes aconteceu nesta segunda (6), em Tarumã, município de São Paulo. Um recém-nascido foi encontrado por uma moradora dentro de uma caçamba de lixo, ainda com vida, na Vila dos Pássaros, porém, embora tenha sido atendido em uma unidade de saúde, ele não sobreviveu.

A mãe do bebê foi identificada logo após dar entrada em um hospital da região, ela tem 36 anos e mais cinco filhos.

Uma catadora de recicláveis foi uma das testemunhas. Segundo ela, por volta de 8 horas a criança ainda não estava na caçamba, isso porque ela passou por ali neste horário. Outras pessoas disseram ter visto um veículo estacionado no local antes do recém-nascido ser encontrado.

Publicidade
Publicidade

Uma outra moradora relatou que encontrou a criança por volta de 8h40min da manhã, quando caminhava perto do local. Quando ouviu o choro do bebê, ela chegou a pensar ser algum animal, mas, quando olhou dentro da caçamba, o viu dentro de uma bolsa enrolado por uma manta.

Ao pedir ajuda a outros que passavam no momento, a mulher observou que o recém-nascido ainda estava com a placenta e havia muito sangue perto do cordão umbilical. Os moradores logo acionaram a PM e a criança, que era um menino, foi devidamente socorrido.

Uma ambulância levou o bebê para um hospital que fica perto do local onde ele foi encontrado. Os médicos fizeram de tudo para reanimá-lo, mas não teve jeito e ele veio a falecer.

A equipe de perícia recolheu a manta e a bolsa onde a criança estava para análise e conclusão do ocorrido.

Publicidade

A mãe, que jogou o seu filho na caçamba, foi reconhecida ao ir até uma unidade de saúde, ela apresentava hemorragia. Ela deve ser ainda ouvida pela polícia.

A mulher deu entrada na unidade de saúde logo após o recém-nascido ter sido encontrado, e ainda está internada, mas confessou ter cometido o #Crime. Agora, a polícia deve esperar sua alta para colher o depoimento oficial.

A mãe do menino deve ser condenada por crime de abandono de incapaz, porém, as investigações ainda não foram concluídas. O que se espera é saber o motivo que teria levado esta mulher a jogar o seu filho na caçamba e se ela teria tido algum tipo de ajuda. #Investigação Criminal #Casos de polícia