São Paulo amanheceu com uma notícia triste. Um ônibus que transportava diversos universitários da UMC e da UBC bateu contra um rochedo na Rodovia Mogi-Bertioga, próximo ao km 84 na noite dessa quarta-feira. Alguns estudantes não resistiram e outros encontram-se em hospitais da região, sendo que alguns não correm risco de morte e outros estão em estado grave.

Preliminarmente, o IML e os hospitais começaram a divulgar a lista de vítimas, mas ainda não há a identificação de todos os nomes. Segundo as autoridades policiais, os celulares dos universitários não para de tocar, mas não é possível ter uma resposta para todos os casos, uma vez que os jovens que sobreviveram também estão divididos nos hospitais.

Publicidade
Publicidade

A lista do IML

Por enquanto o Instituto Médico Legal divulgou os seguintes nomes:

  • Janaina Oliveira Pinto (#universidade de Mogi das Cruzes)
  • Daniel Oliveira Damázio (Também da UMC)
  • Ana Carolina da Cruz Veloso (UMC)

Não foi informado a universidade que as seguintes vítimas eram matriculadas ou vinculadas:

  • Carolina Mareca Beneti
  • Gabriela Silva Oliveira
  • Daniela Aparecida Mota
  • Rita de Cássia
  • Damião Nunes Bras
  • Aldo de Sousa Carvalho
  • Rafael do Carmo
  • Guilherme Mendonça de Oliveira
  • Maria Maceno de Souza
  • Sônia Pinheiro de Jesus

Também foi confirmado o nome do motorista do ônibus, Antônio Carlos da Silva. A esposa de Antônio disse que seu marido lhe enviou uma mensagem avisando que atrasaria para chegar em casa, pois havia muita neblina na rodovia.

Lista de vítimas internadas no hospital Santo Amaro-Guarujá e que passam bem, estando conscientes:

  • Luziane Batista
  • Aline de Jesus Santos
  • Lais Santos Silva

Pelo mesmo hospital também passou Eric Augusto Ramalho com algumas escoriações.

Publicidade

Lista de vítimas na Santa Casa Mogi das Cruzes (Todos vivos e passando bem):

Miliane dos Santos Andrade e Deni Koch.

Ainda há nomes de jovens hospitalizados que não foi divulgado. A maior parte dos sobreviventes tiveram fraturas e estão em observação, mas sem correr riscos. Alguns estão na UTI. 17 das 18 vítimas serão veladas em um velório coletivo. Apenas a jovem Ana Carolina da Cruz será levada para o estado do Paraná.

Também há vítimas internadas no hospital de Boiçucanga, mas ainda não há uma lista oficial com o nome dos estudantes

A Polícia Civil se mobilizou para colaborar com o caso, enviando peritos e legistas extras para o IML. O presidente interino do Brasil, Michel Temer, lamentou o trágico acidente e prometeu acionar os órgãos responsáveis por fiscalização para evitar que futuros acidentes ocorram.

O governador de São Paulo, #Geraldo Alckmin montou uma Força-Tarefa para identificar as vítimas e informar os familiares. A prefeitura de Mogi das Cruzes e as universidades UMC e UBC decretaram luto oficial pela tragédia na manhã dessa quinta-feira.

Força aos familiares e sobreviventes que perderam seus amigos! #Família