As fortes chuvas dos últimos dias, no interior de São Paulo, têm causado estragos às cidades e prejuízos à população. No último final de semana, ventos acima dos 120 km/h veementemente atingiram Campinas, que sofreu destruições por causa do fenômeno natural chamado de microexplosão, que acontece quando uma nuvem carregada de granizo, água e ar atinge o solo abruptamente, ao contrário do que acontece com os tornados, onde se forma uma espécie de funil.

Em Sorocaba, a Defesa Civil interditou uma residência que apresentava rachaduras e já tinha sofrido a queda de duas de suas paredes. Os estragos se estenderam pela região, atingindo os municípios de Salto, Itupeva, Cabreúva, Salto e Várzea Paulista.

Publicidade
Publicidade

Em Jarinu, uma mulher veio a óbito após ser atingida pela estrutura metálica de um ponto de ônibus que caiu.

Em Jundiaí, 57,7 km distante da capital paulista, segundo informações divulgadas nas redes sociais, uma casa de oração da #Igreja evangélica Congregação Cristã no Brasil, do bairro Espelho d'Água - Mato Dentro, foi destelhada e sofreu estragos com os fortes ventos, provocados pela tempestade. A água também atingiu o templo, molhando seu interior. Não há informações precisas quanto ao horário do acontecido e se havia fiéis congregados no local no momento do ocorrido.

Na pacata Novo Horizonte, também no interior paulista, outra casa de oração da Congregação Cristã no Brasil foi atingida por uma intensa e repentina chuva de granizo, tendo diversas telhas quebradas pelo impacto das pedras de gelo, com 7cm de diâmetro.

Publicidade

Alguns vidros dos vitrais do templo também foram quebrados pelo granizo. Na ocasião, não havia culto na localidade e nenhum membro foi atingido. Na cidade, o temporal quebrou telhas e vidraças de dezenas de moradores, entortou antenas de transmissão de televisão, e fez com que muitos carros tivessem a lataria amassada e os para-brisas quebrados.

A Congregação não divulga os levantamentos dos prejuízos de calamidades que atingem seus pontos de culto. Em ambas as localidades, os fiéis prontamente se organizaram para tomar providências de reparo dos templos.  #Chuvas Torrenciais