Segundo o portal de notícias Carplace, a partir do próximo dia 1º de agosto a Ford iniciará as atividades no novo centro de exportação que a empresa montou na cidade de #Suzano, na região metropolitana de São Paulo. 

O local será responsável pelo abastecimento de 12 unidades fabris da montadora norte-americana em países como Venezuela, Argentina, Rússia, México, Vietnã, China, Tailândia, África do Sul e Índia. 

Ainda conforme a reportagem, o novo espaço trará uma série de vantagensn, diminuindo a complexidade operacional no fornecimento de itens e peças para as demais fábrica da Ford. O novo centro de exportação reúne docas físicas e virtuais, além de escritório e espaços para contêineres. 

Todo esse processo de distribuição ocorria até então nos galpões da empresa localizados em #São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, que recebiam remessas de mais de 160 fornecedores diferentes com milhares de peças para caminhões, picapes e carros em geral, produzidos pela marca. 

A tradicional fábrica localizada no bairro do Taboão era responsável pela consolidação do material e preparação do mesmo para transporte e encaminhamento.

Publicidade
Publicidade

Apenas em 2015, mais de mil contêineres (quase 55 mil metros cúbicos de cargas) foram movimentados a partir de São Bernardo

Em entrevista ao portal Carplace, o supervisor de logística da montadora, Emerson Miguel, explicou que o novo centro de exportação racionalizará os processos de logística. Como a entrega será realizada diretamente na Companhia Regional de Armazéns Gerais e Entrepostos Aduaneiros, gerenciada pela Receita Federal, as exportações partirão imediatamente para os postos de saída como os aeroportos de Guarulhos e de Campinas, Porto de Santos e, por via terrestre, para destinos como Paraguai e Argentina. "Nós teremos uma significativa economia de tempo, controle e de recursos", destacou Emerson. 

Se a cidade de Suzano ganhou com as novas instalações da Ford, o mesmo não pode ser dito com relação ao município de São Bernardo que há alguns anos vê, sem esboçar reação, algumas de suas principais indústrias investindo em outras localidades.

Publicidade

#Negócios