Um grupo formado por militantes do Partido dos Trabalhadores e de movimentos sociais realizava no início da noite deste sábado (23/7) um protesto na esquina das avenidas São Paulo e Kennedy, ao lado do Ginásio Poliesportivo, em S. Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo. 

Os manifestantes aguardavam a chegada da Tocha Olímpica gritando palavras de ordem como "Fora, Temer!" e "Fora, golpistas!", munidos de tambores e cartazes.

Por volta de 18h30, um carro da Rede Globo, identificado pelo símbolo da emissora nas portas, tentou acessar a avenida São Paulo, provavelmente para dirigir-se ao Poliesportivo, local que abrigaria mais tarde a festa de recepção da Tocha Olímpica. 

O veículo foi cercado por um total de aproximadamente 15 manifestantes que exigiram o recuo por parte do motorista que acabou cedendo à pressão e retornou para a avenida Kennedy em busca de outra entrada.

Publicidade
Publicidade

Os policiais que faziam a segurança do local apenas acompanharam a cena sem esboçar reação. 

Já por volta de 19h, os mesmos manifestantes saíram da esquina e se dirigiram à ciclovia que fica na parte central da Kennedy para aguardar a passagem do comboio que faz o acompanhamento o símbolo olímpico. Na primeira oportunidade, todos desceram à pista e iniciaram uma tentativa de bloqueio da mesma. 

Em poucos minutos, um primeiro grupo de policiais, em motocicletas, se aproximou e abafou os protestos, afastando e deslocando todos de volta para a calçada. 

"Não estou aqui para protestar contra as Olimpíadas, mas aproveitando para lembrar o golpe. É preciso lembrar que Temer não é o presidente eleito", afirmou um manifestante em entrevista ao jornal ABCD Maior. Segundo jornalistas da região, protestos também foram registrados nas vizinhas São Caetano e Santo André.  #PT #Manifestação #Grande ABC