O crime organizado parece não ter limites. Os casos envolvendo o transporte e a venda de drogas em todo #Brasil ganham contornos inacreditáveis todos os dias. A ousadia e a criatividade dos traficantes parece crescer cada vez mais. Na madrugada deste domingo (28), dois soldados do Exército brasileiro foram presos em flagrante, enquanto transportavam cerca de três toneladas de maconha em um veículo militar.

Agentes do Departamento de Combate às Drogas (Denarc), da Polícia Civil de São Paulo, entraram em confronto, durante a madrugada, com três militares que trafegavam na rodovia Anhanguera, próximo a Campinas, em um caminhão do Exército recheado de drogas.

Publicidade
Publicidade

Dois soldados foram presos na ação, o terceiro militar conseguiu fugir, mas segundo a Polícia Civil, o homem pode estar baleado.  

Além dos soldados, dois civis foram presos durante a operação. De acordo com os agentes do Denarc, os homens estavam em um Fiat Uno que dava cobertura aos militares no transporte da droga. O caminhão e os soldados presos, pertencem a uma base do Exército que fica no Mato Grosso do Sul. A droga estava sendo transportada do centro-oeste em direção a Campinas, no interior paulista. 

Outros casos envolvendo o Exército

Em abril deste ano, dois ex-soldados do Exército também foram presos transportando drogas. O caso ocorreu na cidade de Cáceres, a cerca de 220 km de Cuiabá, Mato Grosso. Foram apreendidos 43 kg de cocaína na caixa de alto falantes do carro em que os ex-militares viajavam.

Publicidade

Eles haviam deixado o Exército a dois meses.

A prisão, no entanto, só ocorreu devido a um acidente com o veículo em que eles transportavam a droga. No primeiro momento, os homens até conseguiram fugir do local do acidente, mas foram presos pouco tempo depois, feridos, enquanto pediam carona na mesma estrada. Os dois haviam saído com a droga da Bolívia, e a levariam até a região metropolitana de Cuiabá.

Em 2015, outro ex-soldado do Exército foi preso transportando drogas no veículo em que viajava no Mato Grosso. O rapaz, de 26 anos, usava roupas militares e disse, durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal, pertencer a uma base do Exército no estado. Devido a diversas contradições, a PRF entrou em contato com a base do Exército e constatou que ele havia sido dispensado há mais de um ano do local. Em buscas no carro, os policiais encontraram, no porta-malas, quatro tabletes de pasta base de cocaína, e o ex-soldado foi preso em flagrante.