A Vila de Paranapiacaba, em Santo André, é um dos principais pontos turísticos da região do Grande ABC e permite uma experiência diferente por oferecer uma viagem de trem em vagões fabricados nos anos 60 cheios de histórias para contar. 

A Companhia de Trens Metropolitanos, a #CPTM, disponibiliza há alguns anos o projeto intitulado Expresso Turístico que também oferece passeios em linhas "antigas" que ligam a capital paulista às cidades de Jundiaí e Mogi das Cruzes.

A procura pelos ingressos é altíssima e, infelizmente, não há possibilidade de comprar pela internet. Quem desejar realizar os passeios, deve se dirigir pessoalmente aos guichês disponíveis na Estação da Luz ou na Estação Celso Daniel (centro de Sto.

Publicidade
Publicidade

André), com atendimento durante o horário comercial. 

Para quem vai embarcar em São Paulo, o valor da passagem foi fixado em R$ 45,00 (há descontos para dois ou mais passageiros em um mesmo grupo). Para quem sai de Sto. André, o valor cai para R$ 36,00. 

A agenda completa com as datas e assentos disponíveis está no www.cptm.sp.gov.br (Sua Viagem / Expresso Turístico). 

Há quem reclame do valor, alegando que a passagem de trem até Ribeirão Pires, por exemplo, mais o ônibus que leva até Paranapiacaba, no total, não chega a R$ 10,00. Porém, o percurso até Paranapiacaba pelo Expresso Turístico dura cerca de 1h30 para uma distância de aproximadamente 50 quilômetros em trilhos que cortam a Serra do Mar. Aí talvez esteja um dos principais atrativos do passeio, além da própria vila, construída sob influência dos ingleses que por lá se instalaram há mais de um século. 

Com a ferrovia que ligaria Santos a Jundiaí, surgiu a vila ferroviária que foi considerada um dos principais locais históricos do mundo pela organização World Monuments Fund.

Publicidade

Todos os anos, o local também recebe o Festival de Inverno, normalmente organizado entre a última semana de julho e a primeira de agosto. 

Tombada pelo patrimônio do estado no ano de 1987, e pelo governo federal em 2002, Paranapiacaba é visita obrigatória para quem se interessa pela história do Grande ABC e da região metropolitana de São Paulo. 

Leia também:

Ranking traz as cidades com profissionais mais felizes e mais tristes do Brasil

Transexual de São Bernardo pede morte assistida se não puder mudar nome e gênero

Netflix fica fora do ar em pleno sábado à noite para desespero de milhares de usuários #Turismo #Grande ABC