Um jovem estudante de 25 anos, Felipe Farina Garcia, morador da Zona Sul de São Paulo, postou nessa terça-feira (23) uma mensagem religiosa a qual parecia estar muito tranquilo, mas duas horas depois o jovem matou e esquartejou a própria mãe. Além disso, Felipe Farina tentou matar duas vizinhas que tentaram ajudar.

A postagem que o jovem fez no Instagram era de uma imagem da parede do seu quarto onde estava escrito: “Paz e amor em Deus”. Na legenda Felipe descreveu a sensação de alegria ao encontrar “Espírito Santo de Jesus Cristo”, dizendo que “tudo fica doce”. Felipe segue descrevendo a sensação que estava sentindo e finaliza afirmando que isso seria pela “certeza da salvação eterna”.

Publicidade
Publicidade

A Policia Civil, que investiga o caso, diz que as testemunhas relatam que Felipe e sua mãe, Suely Guerra, moravam sozinhos e que eles têm um histórico recente de brigas. Isso porque, Felipe, nos últimos tempos, começou a demostrar um certo #Fanatismo religioso. Colegas da faculdade dizem que ele tinha mudado muito e estava dedicado a coisas da igreja. Segundo colegas mais próximos, Felipe estava paranoico e dizia que todo mundo era pecador e que ele seria o próprio Jesus.

Na manhã do dia 23, uma briga entre os dois teria começado por motivos religiosos. Felipe se irritou e pegou uma faca e atacou sua mãe afirmando que ela estava possuída. A mãe de Felipe tentou fugir, correu gritando por socorro, mas o seu filho o alcançou, matou e esquartejou, a vítima teve um dos pés decepado. As vizinhas que ouviram os gritos de socorro e saíram para impedir o #Crime também foram feridas por Felipe.

Publicidade

Felipe foi preso suspeito de ter matado a própria mãe, Suely Guerra Farina, de 59, a facadas. E ter ferido as vizinhas que moravam no mesmo condomínio. O ocorrido aconteceu por volta das 9 horas da manhã do dia 23. Está detido no 8º Distrito Policial, no Belenzinho. A polícia diz que durante o interrogatório Felipe perguntou várias vezes como estava a sua mãe, e quando recebia a notícia da morte dela, ele voltava a chorar.

O Felipe estava fora de si. Ao retomar a consciência o jovem disse que não se lembrava de todos os detalhes, somente de alguns flashes. Disse que fumou maconha naquela manhã, nenhum outro tipo de drogas, mas para a polícia isso não é relevante, pois a maconha faz um efeito contrário, não deixa o indivíduo agressivo. Os relatos indicam que Felipe teve um surto psicótico.

  #Religião