As unidades da montadora #Volkswagen nas cidades de Taubaté, no interior paulista, e também em S. Bernardo do Campo, na região metropolitana, estão com todas as linhas produtivas paralisadas desde o último dia 26 de julho. 

Em Taubaté, a parada deixou mais de 4 mil colaboradores ociosos. Em S. Bernardo, o número chega ao patamar de 8 mil operários que foram dispensados, a princípio, até este dia 1º de agosto. 

Segundo reportagem publicada pela versão online da revista IstoÉ, com informações reforçadas por outros canais de comunicação, a fábrica de S. José dos Pinhais, no Paraná, também chegou a ficar paradas por alguns dias na última semana. 

Todas as unidades da Volkswagen possuem um único fornecedor de peças com estampas utilizadas na carroceria dos carros da marca.

Publicidade
Publicidade

A empresa Fameq, com sede na cidade de S. Paulo, que operava há mais de quatro décadas, foi recentemente vendida para um grupo alemão após uma série de dificuldades financeiras. O cenário ruim piorou com o fechamento da companhia e a demissão de 180 empregados. 

Diante de tudo isso, desde julho, a Volkswagen não tem recebido os itens da Fameq, o que comprometeu a produção do Gol, Golf, Saveiro, Fox, Voyage e Up1. 

A Prevent comprou o que restou da Fameq. Responsável por produzir bancos, peças estampadas, discos de freio, entre outros componentes, o grupo mantém uma disputa judicial com a Volks que se arrasta desde 2015. O relacionamento entre ambos está estremecido e novos cenários de paralisação estão previstos para o futuro. 

No último mês de maio, liminares expedidas pela Justiça obrigaram a volta do fornecimento de peças com uma multa diária da ordem de R$ 200 mil se houvesse o cumprimento da determinação.

Publicidade

A Fiat, outra prejudicada pela falta das peças, chegou a fazer um acordo com a Prevent. A Volks reclama que acordos foram quebrados e reclama da postura do fornecedor. 

O sindicato da categoria também fez duras reclamações sobre o comportamento da Prevent. Acredita-se que a companhia compra fabricantes menores para adquirir o monopólio da produção. 

Leia também:

Ingressos para o Expresso Paranapiacaba de setembro já estão à venda

Transexual de São Bernardo pede morte assistida caso não possa mudar nome e gênero

Netflix fica fora do ar em pleno sábado à noite para desespero de milhares de usuários #Negócios #Grande ABC