A internet pode ser um instrumento para promover o mal ou o bem. Depende do uso que se faz dela. Em Praia Grande, no Litoral de São Paulo, vitimas de assaltos praticados por um casal de criminosos souberam usar as redes sociais para algo importante: identificar e prender a dupla que gerou pânico na cidade nos últimos dias.

Os dois namorados praticaram dezenas assaltos neste mês de setembro, sempre utilizando uma motocicleta preta para abordar as vítimas. Eles passaram a ser conhecidos como os “Maníacos da moto preta”.

Os relatos dos assaltos, com detalhes de como os dois agiam, passaram a ser compartilhados em grande número na web e chamaram a atenção das autoridades policiais.

Publicidade
Publicidade

Investigadores monitoravam os posts para colher mais dados sobre os assaltos em série.

A repercussão foi tanta que Thiago Israel Santos da Silva, de 21 anos, e Katherine Cristina Evangelista de Queiroz, de 18 anos, ficaram visados e foram presos nesta terça-feira (27).

Conforme divulgou a equipe do 1º Distrito Policial de Praia Grande, Thiago já tinha passagem na polícia por furto. Ele havia saído da prisão havia sets meses apenas.

Segundo o delegado Juvenal Marques, que investiga o caso, logo após sair da cadeia, o rapaz conheceu Katherine e os dois começaram a namorar. Juntos passaram a praticar vários  assaltos.

Eles moravam numa casa no bairro Tude Bastos, onde agentes encontraram vários artigos roubados, tais como celulares, maquiagens, bolsas, roupas e outros acessórios.

A polícia chegou até os suspeitos quando fazia um patrulhamento na Rua Mario Tamashiro, no bairro Boqueirão.  A Polícia Civil informou que o casal estava em atitude suspeita.

Publicidade

Munidos das informações sobre o caso dos “Maníacos da moto preta”, os agentes associaram o casal à autoria dos assaltos em série. Eles foram então levados para a delegacia. No Distrito Policial, Katherine confessou que eles formam o casal que roubava os moradores de moto.

Posteriormente, vítimas foram até a delegacia e reconheceram a dupla. Ao todo, quatro vítimas fizeram o reconhecimento e boletim de ocorrência relatando os assaltos, na terça-feira (27).

O casal segue preso no 1º Distrito Policial.  A Polícia aguarda outras vítimas para prestarem depoimento e recuperarem eventuais pertences que possam ter sido roubados pelos dois namorados. #Crime #Casos de polícia