Um #Médico, em Mongaguá, litoral de São Paulo, estava dormindo em cima de uma maca, enquanto o paciente Rodrigo Rodrigues da Silva, com 30 anos de idade, aguardava ser atendido. O jovem, com problemas respiratórios e que já esperava ser atendido há mais ou menos uma hora, levantou de onde estava, pegou um vazo com água e jogou no profissional de saúde que dormia no expediente. A resposta do ‘doutor’ veio em forma de violência: ele levantou de onde estava e partir para cima do paciente. Nesse momento, um enfermeiro e outra pessoa já estavam segurando Rodrigo, que, a partir daí, levou um soco do médico, no olho.

O fato aconteceu dentro do #Pronto Socorro Agenor de Campos, nesse último sábado (3).

Publicidade
Publicidade

O paciente agredido disse em entrevista que sofre de problemas respiratórios há algum tempo e por isso vai até o PS constantemente: “Estou indo direto no Pronto Socorro com problema de bronquite.”, diz Rodrigo. Ele seguiu, afirmando que ainda na semana que passou, chegou ao mesmo local em que foi agredido e recebeu a informação de uma enfermeira de que o médico não podia o atender naquele momento porque estava dormindo. O profissional de saúde, segundo o jovem agredido, só faria o atendimento caso houvesse cinco fichas na mesa dele.

Nesse dia, Rodrigo explica que recebeu atendimento de um enfermeiro que se solidarizou com a sua situação preocupante: “Ele viu que eu estava ruim, preparou uma máscara e fiz a inalação. Depois disso, eu fiquei bem e fui pra casa”, conta o rapaz. Depois que se passaram quatro dias, Rodrigo conta que retornou ao mesmo Pronto Socorro, com o mesmo problema e, para a sua surpresa, novamente uma enfermeira veio até ele e informou que o médico estava dormindo.

Publicidade

Mas, dessa vez, o jovem com bronquite não suportou esperar tanto tempo e, depois de ter esperar por 40 minutos, ele pegou um balde com água e partiu para cima do profissional de saúde, que dormia.

“Entrei no consultório e o vi deitado em uma maca com um cobertor e joguei nele”, explicou Rodrigo. O jovem conta que o jato de água não molhou o médico por completo, no entanto, pegou apenas em sua perna. Mas o profissional não perdoou a atitude do rapaz e partiu para cima dele, aplicando um soco em seu olho esquerdo. #Curiosidades