Vídeo mostra imagens chocantes da ação de assaltantes que trouxeram pânico para os moradores de uma casa em Peruíbe, no litoral de São Paulo. Uma família foi feita refém este último domingo (02) de eleição. Eles ficaram por mais de duas horas presos e amarrados na cozinha da residência, enquanto os três bandidos que invadiram o local roubavam os pertences da família. A propriedade tinha monitoramento de segurança que ficava na sala de visitas da casa, e nas imagens foi possível presenciar toda a ação do grupo. Eles entraram no local cerca de nove horas da manhã no bairro residencial Stella Maris, quando o dono da casa estava do lado de fora mexendo no portão.

Publicidade
Publicidade

Ao verem que o proprietário estava com o portão aberto, os homens armados o abordaram e entraram junto com ele na casa. A mulher do dono da casa que também estava no local, foi encapuzada junto com ele, e ambos foram mantidos presos na cozinha. Enquanto o casal estava amarrado na cozinha, um dos assaltantes ficou vigiando os dois, e os outros dois começaram a vasculhar e roubar os cômodos.

Para a surpresa do grupo de criminosos, pouco depois de terem rendido e amarrado o homem e a mulher, eles escutaram uma movimentação no portão da casa. Minutos depois, a filha do casal chegou à casa com o seu filho de seis anos, após ter ido a um dos postos eleitorais votar. Os assaltantes se assustaram com presença dos dois, mas eles também foram presos dentro da cozinha. Enquanto os quatro familiares estiveram detidos, os bandidos ficaram por cerca de três horas dentro da residência roubando tudo o que encontravam pela frente.

Publicidade

Eles literalmente ‘fizeram a limpa’ na casa, levando joias, tablets, notebooks, celulares, aparelhos de TV, mochilas, bolsas, documentos, chaves do carro e da casa, câmera fotográfica, uma motocicleta e inclusive as câmeras de segurança da casa.

Um dos filhos das vítimas que não estava na residência no momento do assalto, registrou um boletim de ocorrência, disse aos policiais que investigam o #Crime, que os homens levaram muito dinheiro em pertences. Só por volta de meio dia o grupo foi embora, e a filha do casal conseguiu se soltar e chamar a polícia. Os celulares e tabletes possuíam rastreadores, que conseguiram localizar os bandidos, por pouco tempo. Eles chegaram a ir para Praia Grande, no bairro Maracanã, mas os homens desligaram os aparelhos logo depois não sendo possível mais localizá-los. A polícia investigará os criminosos a partir das imagens gravadas na casa, e espera encontrá-los rapidamente.

#Investigação Criminal