Neste Sábado, 8, o Metrô de São Paulo, anunciou que demitiu um segurança e afastou outro após uma estudante filmá-los espancando um morador de rua e enviar as imagens para o SPTV, programa jornalístico da TV Globo exibido em duas edições diárias em São Paulo.

A confusão

As imagens feitas por uma estudante que passava pelo local dos fatos, e que não quer ser identificada, mostram um casal falando com dois seguranças em frente à estação Marechal Deodoro, localizada na região central da capital. O casal se alimenta e a mulher reclama que os seguranças teriam jogado o seu carrinho no meio da rua. O homem, comendo e a uma distância considerável dos seguranças, conversa com eles, mas não é possível ouvir o assunto.

Publicidade
Publicidade

De repente e sem que apresentasse qualquer perigo para os dois funcionários do Metrô, um dos seguranças lhe dá um soco no rosto e o derruba no chão. Já caído, o andarilho recebe mais agressões e é imobilizado.

Pouco depois, um policial militar surge, fala com o segurança e em seguida as imagens são cortadas. A estudante contou para a reportagem da TV Globo, que tentou ajudar contando o que aconteceu para o PM, ocasião em que ele a questionou se tinha filmado a agressão, pois se o tivesse feito, o seu celular seria apreendido. Insegura e sem saber se a apreensão era para ajudar a provar a inocência do morador de rua ou para evitar que as imagens se tornassem públicas, ela mentiu, alegando que não filmou o ocorrido.

Pela internet, ela divulgou as imagens e enviou uma cópia para a produção do SPTV, na intenção de que a situação fosse conhecida pelo Metrô e alguma coisa fosse feita para apurar os fatos.

Publicidade

A TV Globo conversou com o superintendente do Metrô, que afirmou que a empresa não compactua com nenhum tipo de #Violência e que os funcionários foram afastados.

O caso aconteceu na última quinta-feira, 6, por volta do meio dia e no último sábado, 8, o site da TV Globo anunciou que o Metrô decidiu demitir o funcionário que agrediu o morador de rua e afastou o outro que, embora as imagens não o mostrem agredindo o andarilho, nada faz para impedir.

Assista as imagens feitas pela estudante:

#Metrô #Polêmica