A Prefeitura de São Paulo abriu, nesta quinta-feira (24), as inscrições para candidatas que desejam participar do Conselho Municipal de Políticas para Mulheres. As candidaturas devem ser registradas na sede da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, na região central da cidade. Porém, de acordo com o novo prefeito eleito, João Doria Júnior (PSDB), a pasta é uma das três que serão extintas em sua gestão, a partir de janeiro de 2017.

O anúncio foi feito em uma entrevista publicada no Jornal O Globo, também nesta quinta-feira. Doria informou que as pastas de Promoção da Igualdade Racial, de Licenciamento e de Políticas para Mulheres, criadas na gestão do atual prefeito Fernando Haddad (PT), serão cortadas no próximo ano.

Publicidade
Publicidade

Outra novidade é que a Secretaria de Comunicação será vinculada ao gabinete do tucano. Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Paulo não se manifestou sobre o assunto.

As eleições do Conselho Municipal de Políticas para Mulheres estão marcadas para 4 de dezembro, e a pasta recebe inscrições até as 17h desta sexta-feira (25), em sua sede, na Rua Libero Badaró, 293, 8º andar, no Centro. Podem se inscrever líderes de entidades, organizações e movimentos com atuação comprovada na área de políticas para mulheres e representantes de todas as regiões do município. A documentação necessária está disponível no portal da Prefeitura de São Paulo.

O Conselho

Das 50 mulheres que farão parte do Conselho, a metade será eleita por votação. Entre elas, 15 líderes de entidades, organizações e movimentos, e 10 representantes regionais (duas da Zona Norte, três da Zona Sul, três da Zona Leste, uma da Zona Oeste e uma do Centro), somando 25 mulheres.

Publicidade

A outra metade será formada por representantes do poder público municipal, escolhidas pela Prefeitura.

O trabalho das conselheiras consiste na realização do controle social e formulação de ações e políticas públicas que integrem todas as mulheres na política, economia e cultura da cidade.

Eleições

Estão aptas para votar nas eleições do Conselho todas as mulheres maiores de 16 anos, moradoras e eleitoras da cidade de São Paulo, em situação regular com a Justiça Eleitoral até 22 de setembro de 2016. Para participar, basta comparecer a um dos 58 locais de votação, também disponíveis no portal da Prefeitura, e apresentar o RG e o título de eleitor.

Mulheres imigrantes podem votar na Subprefeitura da Sé, após realizar um cadastro prévio no portal da Prefeitura. Já as transexuais devem apresentar uma autodeclaração, conforme o modelo também disponível no site. #PolíticasParaMulheres #Cidadania