No próximo domingo (20) é comemorado o Dia da Consciência Negra, um feriado pouco conhecido por ser novo no calendário dos brasileiros. Para celebrar a data, a Prefeitura de São Paulo preparou um fim de semana especial com música e atividades culturais na região central da cidade. O destaque da programação é o show dos sambistas Diogo Nogueira e Jorge Aragão, que marca o encerramento da festa.

Os eventos acontecem das 10h às 21h. O Largo do Paissandu recebe a Feira de Afroempreendedores ao longo dos dois dias, enquanto o samba de Celia Nascimento e o pagode do grupo Art Popular animam o local no sábado (19). No dia seguinte, a programação musical continua com apresentações de grandes escolas de samba da cidade, como Vai-Vai e Rosas de Ouro.

Publicidade
Publicidade

Na tarde de domingo, a religião será lembrada na Missa Afro campal, que será celebrada em frente à Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos. Após a cerimônia, haverá a inauguração do primeiro monumento de Zumbi dos Palmares de São Paulo, na Praça Antônio Prado.

De acordo com a Prefeitura, a obra é de autoria do artista José Maria dos Santos. O monumento foi esculpido em bronze e instalado no local onde ficava a antiga paróquia de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos. O espaço é simbólico porque esta foi uma das primeiras irmandades católicas a acolher a comunidade negra.

No período noturno, a festa muda para o Vale do Anhangabaú, onde os shows musicais começam às 19h. Os sambistas Diogo Nogueira e Jorge Aragão encerram a festa e devem subir ao palco após a apresentação do bloco Ilê Aiyê, por volta das 21h.

Publicidade

Programação

Sábado (19) no Largo do Paissandu

10h às 20h - Feira de Afroempreendedores

10h30 - Lumumba

12h - Na Palma da Mão

13h30 - Tião Carvalho

15h - Art Popular

16h30 - Celia Nascimento

18h - Sampagode

19h30 - Samba Rock

Domingo (19) no Largo do Paissandu

10h às 19h - Feira de Afroempreendedores

12h - Tobias da Vai-Vai

13h - Samba de Roda

14h - Grupo Maculelê

15h - Missa Afro campal e inauguração do primeiro monumento Zumbi dos Palmares

16h30 - Nenê de Vila Matilde

17h - Unidos do Peruche

17h30 - Mocidade Alegre

18h - Vai-Vai

18h30 - Rosas de Ouro

Domingo (20) no Vale do Anhangabaú

19h - Na Palma da Mão

19h45 - Bloco Ilê Aiyê

21h - Diogo Nogueira e Jorge Aragão

Primeiro Samba Brasileiro

Também segundo a Prefeitura, toda a programação musical celebra os 100 anos do registro do primeiro samba gravado em disco no Brasil. A música 'Pelo Telefone', de Donga e Mario Almeida, teve sua letra composta em uma roda de samba dentro de um famoso terreiro de candomblé, e foi registrada em 27 de novembro de 1916.

Publicidade

Já a melodia da canção foi uma criação coletiva.

Honrando Zumbi dos Palmares

O Dia da Consciência Negra foi criado em 2003 para o calendário escolar, mas só se tornou feriado nacional em 2011, mediante a lei nº 12.519, sancionada em 10 de novembro do mesmo ano. Mas nem todos os estados brasileiros aderiram à norma; somente Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Rio de Janeiro e cerca de mil cidades do país. Nos municípios onde a lei não vigora, cabe à Câmara de Vereadores determinar se haverá ou não feriado.

A data foi escolhida por conta da morte de Zumbi dos Palmares, em 20 de novembro de 1695, e propõe uma reflexão sobre as questões do negro na sociedade brasileira. #DiaDaConsciênciaNegra #Entretenimento