Na manhã desta segunda-feira (14), um bebê de apenas 25 dias foi entregue à polícia depois que a própria mãe confessou ter armado um suposto sequestro em troca de dinheiro. O lactente teria sido levado da mãe em Campinas (SP), e a mulher fez um apelo nas redes sociais no qual pedia a ajuda de pessoas sobre o desaparecimento de seu filho.

No entanto, na manhã de hoje, a criança foi encontrada em Presidente Prudente (SP), e entregue à polícia militar pela mulher que teria pagado à genitora duzentos reais antes de sumir com o recém-nascido. O caso causou alvoroço nas redes sociais e o post da mãe desesperada alcançou 3,6 mil compartilhamentos.

Publicidade
Publicidade

No entanto, a Polícia Civil que começou a investigar o ‘sequestro’ desvendou a farsa neste último domingo (13). No texto escrito em uma rede social a mulher, de 20 anos, desabafava sobre o rapto de seu filho que teria ocorrido do Mercado Municipal de Campinas, no sábado (12). Ao ser ouvida na delegacia de polícia, ela disse que na verdade entregou o menino à suposta sequestradora em troca do dinheiro.

O recém-nascido foi levado ao Conselho Tutelar de Campinas, que ficará com a guarda da criança, depois que a mãe confessou a armação. Ainda será preciso analisar se existem outros familiares da criança capazes de cuidar do bebê com menos de um mês de vida.

A família da jovem, em depoimento, disse que acreditou nela quando a mesma voltou para a casa sem a criança. Estavam todos mobilizados em achar o bebê e desesperados com o possível sequestro.

Publicidade

Segundo a irmã da jovem, de 18 anos, ela teria chegado em casa dizendo que quando estava voltando de Campinas para Monte Mor, onde mora, uma suposta sequestradora começou a elogiar o bebê. A ‘criminosa’ ainda teria se oferecido para comprar fraldas e um macacão para o menino, quando a mãe percebeu que a criança precisava ser trocada.

Como contou aos familiares, essa senhora teria ido com ela até o Mercado Municipal, foi quando a jovem precisou ir ao banheiro e deixou o bebê com a mulher, ao sair do local o filho teria desaparecido.

Contudo, para a polícia a versão foi bem diferente, a jovem teria entregado a criança a essa senhora, que usava de acordo com as imagens de segurança obtidas pela Guarda Municipal, boné e óculos escuros. O caso ainda está sendo investigado pela polícia para se entender a real motivação da mãe ao entregar a criança.

#Crime #Casos de polícia