O fato aconteceu na tarde do último sábado, dia 5 de novembro, na Cidade Líder, distrito da zona leste de São Paulo, quando um policial militar de folga da sua função, porém trabalhando como motorista do Uber, foi abordado por bandidos numa tentativa de assalto e acabou matando todos.

Segundo afirmações de Secretaria de Segurança Pública (SSP), o chamado da corrida foi feito por um perfil feminino, mas ao chegar no local o policial encontrou três homens que logo entraram no veículo e pediram para que ele seguisse com o carro com destino à casa de uma "amiga". Os bandidos, sendo um deles menor de idade, entraram no carro portando duas armas e, depois de pouco tempo, abordaram o policial, anunciando o assalto.

Publicidade
Publicidade

Com a vivência do dia a dia, o PM já estava desconfiado e imediatamente reagiu, sacando uma pistola e disparando tiros contra os homens e o #adolescente de 15 anos de idade. Maycon Fabrício de Oliveira, de 19 anos, e o menor de 15 anos morreram no local. Com eles foram apreendidos dois revólveres, um calibre 32 e outro calibre 38.

Um vídeo que foi feito por câmeras de segurança do local e amplamente compartilhado em várias redes sociais ainda mostra o policial tentando correr atrás dos outros bandidos, porém não é possível visualizar se ele realizou algum outro disparo ou não.

O que pode-se ver é que quando o agente policial retorna, ele chuta a cabeça de um dos bandidos baleados que está no chão. Mesmo agindo por total legítima defesa, o ouvidor da Polícia Militar disse que será feita uma investigação mais minuciosa do caso pela Corregedoria da PM, afim de haver uma averiguação se houve ou não excesso na conduta do policial.

Publicidade

Um assunto que tem sido reclamação geral de vários motoristas do Uber, principalmente os de São Paulo, é a aceitação do pagamento das corridas em dinheiro que, para eles, fez aumentar de forma demasiada as tentativas de assaltos e deixou os motoristas mais vulneráveis à violência e ao perigo.

Em nota, a assessoria de imprensa do Uber afirma que a forma de pagamento em dinheiro é uma maneira dos usuários que não possuem cartão de crédito também usufruírem do serviço.

#arma #Casos de polícia