Um policial militar aposentado matou três criminosos durante uma tentativa de assalto na tarde de sábado (05), na Cidade Líder, na zona leste de São Paulo (SP). De acordo com o militar aposentado, ele estava dirigindo um carro do Uber quando reagiu à tentativa de assalto. Conforme consta na pasta da Segurança, o policial tinha recebido uma solicitação de uma corrida feita por uma mulher.

Quando o PM chegou ao local informado, haviam três homens. Os indivíduos entraram no carro e no meio do trajeto pediram para que o motorista parasse na casa de uma amiga. Quando o carro parou no local informado pelos suspeitos, um deles saiu do veículo e fingiu esperar alguém em frente a uma residência, enquanto outro saiu do carro e deu a volta no veículo, colocando um capuz.

Publicidade
Publicidade

Logo após, ele abriu a porta do lado do motorista e tentou arrancá-lo à força do carro. Nesse momento, o homem reagiu à tentativa de assalto. O policial já saiu do carro atirando. O assaltante que estava no banco de trás do carro foi baleado e caiu na calçada, enquanto os outros dois saíram correndo, sendo perseguidos pelo ex-policial.

De acordo com o ex-policial, ele não teve outra alternativa a não ser reagir e efetuar vários disparos contra os suspeitos. Os três acusados foram socorridos, mas devidos às gravidades dos ferimentos, morreram logo após dar entrada no hospital. Os acusados foram reconhecidos por outros motoristas do Uber que tinham sido assaltados na região, recentemente.

O PM estava trabalhando como motorista do Uber há poucos dias. As investigações então por conta da Divisão de Homicídios do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa.

Publicidade

Dois tiveram a idade revelada pela polícia: um deles é menor e tinha 15 anos; outro tinha 19 anos; enquanto o terceiro não foi identificado pela polícia.

Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML), passaram por todos os exames necessários e, logo após, foram liberados para familiares para o sepultamento. A Secretaria não informou se vai abrir um procedimento interno para apurar a conduta do policial militar.

Veja no vídeo abaixo o momento em que o policial reage ao assalto:

#Crime #Casos de polícia #Morte