Uma dupla ainda não identificada chegou atirando na orla de Guarujá, no litoral de São Paulo, dentro de um quiosque. No local haviam banhistas que entraram em pânico e dois ex-policiais, que supostamente eram os alvos dos disparos. Informações sobre o ocorrido dão conta de que quatro pessoas foram atingidas, os dois ex-policiais, onde, um morreu no local e o outro chegou a ser encaminhado para o hospital, mas deu entrada já sem vida. As outras duas foram encaminhadas ao hospital Santo Amaro para atendimento médico de urgência. Uma foi atingida no braço e outra na perna e barriga e passa por cirurgia. Não foi divulgada a gravidade dos ferimentos.

Publicidade
Publicidade

O caso

O #Crime aconteceu no Quiosque "É Show", localizado na praia da Enseada, no início da noite desta quinta-feira (29), aproximadamente às 18h40. A praia da Enseada está entre as que mais atraem visitantes em Guarujá durante a temporada de verão.

A Polícia Militar (PM) investiga o caso como execução, já que em nenhum momento houve roubo ou brigas entre os autores e as vítimas, por enquanto ninguém foi preso. As informações iniciais são de que os tiros teriam partido de dois jovens, que estariam com pistolas e vestindo aventais brancos. A Polícia afirma que está fazendo buscas pela região. O motivo e o alvo dos autores ainda não foram descobertos, porém testemunhas informaram aos policiais que os autores miraram os ex-policiais, que estava em uma mesa com amigos.

Publicidade

A vítima que morreu no local foi identificada como Tiago Araújo. Ele era policial, mas estava afastado. Tiago era casado e deixa um filho de um ano de idade.

Crime semelhante no local

Em agosto de 2014, houve um caso de assassinato em um quiosque localizado também na praia da Enseada. Segundo a polícia, o dono tinha ligações com uma facção criminosa. O crime foi filmado por uma câmera de outro quiosque, que mostra quando um suspeito de ser tesoureiro do Primeiro Comando da Capital (PCC) assassina, hipoteticamente sem querer, o dono do quiosque, que foi atingido por 8 tiros e não resistiu. Após o incidente o autor do crime fugiu, mas foi preso meses depois após investigação. Veja o vídeo.

#Casos de polícia