Um homem de 62 anos foi assassinado na noite desta sexta-feira (16), na cidade de Iperó, região de Sorocaba, interior de São Paulo. De acordo com boletim de ocorrência, Aloísio Pires de Oliveira chegava em sua casa, em uma área rural da cidade, acompanhado de sua esposa, quando notou a presença de um homem encapuzado e armado de um revólver. Ao perceber a chegada do casal, o bandido disparou contra a vítima.

Aloísio foi atingido no abdômen e chegou a ser socorrido pelo resgate e levado para um hospital da cidade de Boituva, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. O assassino fugiu do local sem levar nada. O caso foi registrado na Delegacia do Plantão Norte de Sorocaba.

Publicidade
Publicidade

A polícia ainda não tem a identificação e a localização do criminoso.

Cidade tem poucos homicídios

Com uma população de pouco mais de 28 mil habitantes, a cidade de Iperó, localizada na Região Metropolitana de Sorocaba, tem um número relativo baixo de homicídios. Em todo o ano passado foram registradas apenas três ocorrências dessa natureza na cidade, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, sendo a última no mês de junho. Em 2010 foram dois casos e em 2001 apenas um homicídio na cidade. Neste ano, até o mês de outubro, cinco pessoas haviam sido assassinadas, além de uma tentativa. Por outro lado, 2002 foi o ano mais violento, com 12 homicídios.

Ainda segundo a SSP, até outubro passado Iperó registou 23 furtos de veículos, sendo que janeiro foi o mês com maior incidência desse crime, com sete ocorrências.

Publicidade

Outros nove veículos foram roubados na cidade desde 1º de janeiro. No ano passado, entre furto e roubos de veículos, foram 43 ocorrências.

Neste ano a cidade ainda teve seis casos de estupro, metade eles apenas em fevereiro. Por outro lado, não foram registrados casos de latrocínio – roubo seguido de morte -, homicídio doloso por acidente de trânsito, roubou a banco e roubo de carga. Em 2015 foram 10 casos de estupro, quatro somente em março, um roubo de carga e quatro tentativas de homicídio. #Iperó #Homocídio #Casos de polícia