Nos últimos dias, um assunto tem chamado atenção nas redes sociais, principalmente no Facebook e WhatsApp: pessoas têm relatado tentativas de sequestro de crianças em várias regiões da capital paulista e do ABCD.

A polícia suspeita que um único grupo seja responsável por estar praticando esse tipo de ataque, já que as ações são parecidas.

Uma mãe, que prefere não se identificar, quase teve o filho levado, e ficou vários dias sem sair de casa após o susto. Ela diz que andava pela rua com o filho de apenas dez meses no colo, quando foi abordada por duas mulheres que ofereceram carona. Ao recusar, uma das mulheres saiu do carro e tentou levar a criança.

Publicidade
Publicidade

A mãe registrou boletim de ocorrência e a polícia busca por imagens de câmeras de segurança na região para tentar identificar os suspeitos.

Em outro caso, registrado no 4º DP de Diadema, uma mãe conta que estava com a filha mais nova na rua Aratú, no Bairro Eldorado, quando foi abordada por um casal em um Celta preto. Eles exigiram que ela entregasse a criança. O ataque foi registrado na manhã do dia 24 de novembro, enquanto a mãe aguardava o transporte escolar que levaria a filha mais velha para a escola. Ela conseguiu entrar em casa e evitar que levassem a menina. A mãe disse no boletim de ocorrência que o casal estava armado com uma faca. Ela descreveu o homem como moreno escuro e a mulher loira, e aparentavam ter em média 40 anos de idade.

Só na região do ABCD, há registro de pelo menos mais quatro casos, um em São Bernardo do Campo, registrado no dia 16 de agosto; outro em São Caetano do Sul, em setembro; e dois, em Santo André.

Publicidade

Um dos ataques em Santo André aconteceu na rua Álvaro Lins, Vila Tibiriçá. O outro foi na estrada do Pedrozo, em Vila Luzita, quando um homem armado, dirigindo um HB20 tentou sequestrar uma criança de colo. Uma pessoa foi presa no mesmo dia, com um veículo do mesmo modelo roubado - nesse caso, a vítima reconheceu o suspeito.

Uma reportagem do jornal "Agora #São Paulo" confirma cinco casos de tentativa de #sequestro de crianças apenas em novembro. A polícia recentemente divulgou um retrato falado de dois suspeitos de tentar roubar uma criança no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Na capital também há registro de ataque na região do Sacomã.

Boatos

Vários boatos estão sendo espalhados pelas redes sociais envolvendo esse assunto e assustando pais. Há relatos em diversos grupos do Facebook informando tentativas de sequestro em várias regiões da capital.

O "Leste Online" tem recebido várias destas mensagens pelo Facebook e pelo WhatsApp, porém, em nenhuma delas há registro de boletim de ocorrência. #Casos de polícia