A Polícia Civil procura um casal suspeito de tentar sequestrar uma criança no bairro do Ipiranga, Zona Sul de SP. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a mãe relata que estava com duas crianças uma de 2 e outra de 3 anos de idade, na Rua Greenfeld, quando foi abordada pelos suspeitos.

Segundo o BO, o casal estava em uma caminhonete branca, e pararam a mulher para pedir informação, em seguida, o homem sacou uma arma de fogo e puxou uma das crianças que estava em um carrinho de bebê.

A mãe relata que puxou a criança de volta e conseguiu escapar do ataque.

A polícia informa que não há registros de câmeras de segurança na região que mostrem o momento do ataque.

Publicidade
Publicidade

Um retrato falado dos suspeitos foi divulgado no site oficial da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

O homem é magro, aparenta ter entre 20 e 25 anos de idade, tem a pele branca, olhos castanhos, cabelos pretos e curtos e em média 1,80m de altura.

A mulher tem a pele parda, os olhos castanhos escuros, cabelos pretos, altura aproximada de 1,70m e aparenta ter entre 30 e 35 anos. Consta ainda uma tatuagem de rosas com borboleta no braço esquerdo. Caso você tenha qualquer informação que possa levar à prisão dos suspeitos, pode fazer uma denúncia anônima através do Disque Denúncia, no número 181, ou pelo site https://app.webdenuncia.org.br/g/.

Boatos espalhados nas redes sociais diziam que os suspeitos foram vistos em tentativas de #sequestro nas cidades de Diadema e Taubaté, porém, a polícia afirma que não passam de informações falsas.

Publicidade

O caso foi registrado no 17º DP do Ipiranga.

Sobre o Web Denúncia

O serviço é um complemento ao Disque Denúncia 181. A denúncia pode ser feita via internet com total segurança e o anonimato é garantido. Está disponível para a população de todo o Estado de São Paulo e você pode acompanhar sua denúncia através de uma senha que será fornecida pelo site.

O portal é mantido pelo Instituto São Paulo contra a violência.

Serviços

Web Denúncia

Site: https://app.webdenuncia.org.br/g/.

Disque Denúncia

Fone: 181 #Casos de polícia