A ousadia dos criminosos de bairro está cada vez maior.

Um grupo de pelo menos seis marginais tiveram a movimentação registradas por câmeras de monitoramento de um supermercado, na cidade de São Vicente, no litoral paulista.

Eles foram flagrados entrando armados e tocando o terror dentro do estabelecimento, na tarde da última sexta-feira (2).

Foram necessários menos de dois minutos para executar o #Crime. Neste período, empregados e clientes entraram em pânico, principalmente pela abordagem violenta dos criminosos.

O assalto foi registrado às 16h49, no bairro chamado Catiapoã, localizado perto do Centro da primeira cidade do Brasil.

Publicidade
Publicidade

O supermercado fica na Avenida Penedo.

Pelas imagens é possível ver que um funcionário que recolhia os carrinhos do comércio é o primeiro a ser abordado e tratado com violência, na parte externa do mercado.

Na sequência, mais cinco assaltantes que esperavam na rua em bicicletas e em uma motocicleta, chegam rapidamente. Eles entram no supermercado, alguns com arma em punho, e roubam todo o dinheiro que conseguem dos caixas.

Junto com o bando é possível identificar um garoto, aparentando ser menor do que 16 anos. No vídeo apenas ele está com a face descoberta, ajudando os comparsas a armazenarem produtos dentro de uma bolsa.

Ainda dá tempo para o bando agredir e jogar no chão com violência um empregado. Depois de toda a ação coordenada, o grupo sai correndo para fora, onde parte usa bicicletas para fugir.

Publicidade

Outros que se evadem do local à pé mesmo. Nas imagens eles vão para direções diferentes.

A imprensa tentou falar com algum representante do mercado, mas nenhum deles foi encontrado para explicar o que aconteceu.

Aparentemente, nenhuma pessoa foi ferida com gravidade. O caso está sendo investigado pela Delegacia Sede de São Vicente, mas não há pistas dos nomes dos envolvidos. Até o momento, nenhum meliante foi preso, mas a Polícia Civil acredita que após a divulgação das cenas os populares poderão colaborar com elementos que possam levar à identificação dos criminosos.

Câmera 1:

Câmera 2:

Câmera 3:

#Casos de polícia