O ano ainda mal começou e os crimes no Estado de São Paulo já estão abalando o país. Tal como informa o site “Notícias ao Minuto”, pouco tempo antes da meia-noite, ou seja, a poucos minutos da passagem de ano, um homem disparou contra onze familiares, matando todos os presentes, incluindo seu filho de oito anos de idade. Como garante a Polícia Militar, o assassino também atingiu outras duas pessoas que foram rapidamente transportadas para um hospital local. Ele se suicidou depois da chacina.

Aquele que parecia ser mais uma réveillon normal para uma família unida em Campinas, no interior de São Paulo, terminou em um autêntico terror.

Publicidade
Publicidade

Foi durante a festa de passagem de ano que, dentro da casa da família, o homem disparou contra todos os presentes, matando também a ex-mulher e o seu filho de somente oito anos.

Ao que tudo indica, e segundo informações divulgadas pela Polícia Militar, o homem estava em um processo de separação com a ex-mulher, não se sabendo ao certo se esse foi um dos motivos para a chacina arrepiante, durante uma das noites mais felizes do ano. Como garante o site “Notícias ao Minuto”, as duas pessoas, que não seriam membros da família do assassino, foram rapidamente transportadas para o Hospital de Clínicas da Universidade de Campinas, onde foram tratadas, não se sabendo também se estariam em estado grave ou controlado.

Nas redes sociais, os detalhes de um dos crimes mais violentos dos últimos anos no réveillon brasileiro está abalando muitos internautas, que rezam e desejam toda a força do mundo para os membros restantes da família, que perderam tantos parentes e de uma forma tão macabra e chocante.

Publicidade

Em uma altura em que a criminalidade continua sendo um dos grandes problemas sociais no cotidiano paulista, esse início de 2017 não era com certeza o desejado pelas autoridades locais, que vão agora naturalmente investigar o caso e tentar perceber ao certo o que levou um homem a disparar e matar toda a família, incluindo o seu filho, ainda criança, durante a festa de réveillon. #Crime #Investigação Criminal