A passagem dos ônibus que atendem a cidade de Mairiporã, região da Grande São Paulo, deve sofrer aumento nos próximos dias. Além das linhas intermunicipais, as linhas circulares, que vão do Centro aos bairros, devem sofrer reajuste, passando de R$ 3,80 para um valor entre R$ 4,20 e R$ 4,50.

A empresa que possui o monopólio do #Transporte público em Mairiporã, a ETM (Empresa de Transportes Mairiporã), ainda não confirmou os novos valores que serão praticados em 2017.

Segundo divulgado pela TV Globo, as passagens das linhas intermunicipais deverão sofrer aumento de 6,39%, atingindo as regiões que são atendidas pelo consórcio InterNorte, formado pelas empresas:

- Empresa de ônibus Guarulhos S/A - Guarulhos Transportes S/A

- Empresa de Transportes Mairiporã Ltda.

Publicidade
Publicidade

- Viação Atual Ltda.

- Viação Transdutra - Empresa de Ônibus Vila Galvão Ltda.

- Expresso da Mantiqueira Ltda. - Viação Arujá Ltda.

- Transmetro Transportes metropolitanos Ltda. - Vipol Transportes rodoviários Ltda.

Essas empresas atendem as cidades de Arujá, Guarulhos, Mairiporã, Santa Isabel e São Paulo. Porém, se confirmado um valor entre R$ 4,20 e R$ 4,50, o aumento em Mairiporã ficará entre 10,5% e 18,4%.

Os moradores reclamam, principalmente, dos horários praticados pela empresa ETM em Mairiporã. Segundo eles, os horários são reduzidos aos sábados, deixando bairros inteiros sem acesso ao transporte coletivo. Aos domingos, apenas cerca de 30% da frota funciona regularmente.

No período letivo, os horários são estendidos para atender os estudantes, mas quando as aulas acabam, a circulação é reduzida, encerrando às 22h.

O problema se estende as linhas intermunicipais.

Publicidade

A falta de ônibus e horários confusos fazem os passageiros se espremerem nos ônibus mais baratos para chegar a São Paulo ou Franco da Rocha, percorrendo rodovias perigosas, como a Estrada da Roseira e a Fernão Dias.

Os ônibus conhecidos como Diretos, mais confortáveis e, consequentemente mais caros, muitas vezes sofrem o mesmo problema. Por conta dos horários, muitas vezes em desconformidade com a real necessidade dos passageiros, os usuários pagam R$ 9,40 para viajar em pé.

A ETM foi procurada, mas até o fechamento desta reportagem não atendeu as ligações. #MAIRIPORÃ #Passagem de ônibus