A equipe do prefeito João Doria (PSDB) começou a trocar as placas de trânsito que sinalizam os limites de velocidade na Marginal Pinheiros, nesta terça-feira (17). O dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, foi escolhido para que a nova sinalização comece a valer.

A instalação das novas placas começaram próximo à Ponte Estaiada (Octavio Frias de Oliveira), e também próximo ao Viaduto República da Armênia, que faz ligação entre a marginal e a Av. dos Bandeirantes.

O anúncio do aumento das velocidades foi feito pelo secretário de transportes municipal, Sérgio Avelleda. A volta das velocidades nas marginais foi promessa do então candidato Doria durante as eleições municipais do ano passado, e o compromisso foi reafirmado após vencer a disputa em primeiro turno.

Publicidade
Publicidade

Segundo a prefeitura, no dia 24 de janeiro será apresentado à população todo o projeto de forma detalhada, intitulada de "Marginal Segura", a operação não se trata apenas da requalificação das faixas de velocidade, mas trata-se de um programa de segurança, afirma o prefeito. No programa também serão apresentadas mudanças em todo o sistema de vias da capital paulista.

Aumento das velocidades

Na faixa da direita da pista local, a velocidade será mantida em 50km/h, nessa faixa, circulam os ônibus e também permitem a conversão à direita.

Já as outras faixas da pista local, o limite de velocidade passa ser de 60km/h.

Na pista central, a velocidade passará para 70km/h.

Por fim, na pista expressa o limite volta ser de 90km/h.

Redução

A redução de velocidade na cidade foi implantada pelo ex-prefeito Fernando Haddad (PT) em julho de 2015.

Publicidade

A medida gerou protestos no início.

Segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), após a implantação da redução o número de acidentes com vítimas fatais ou feridas caiu 37,5%.

João Doria afirma que não teme arrependimento, caso as mortes no trânsito da cidade voltem a subir com a nova medida, e diz que vai fazer o que precisa ser feito, mas de forma consciente e bem articulada. #transito #João Dória #Aumento de velocidade