Uma cena revoltante ganhou as redes sociais neste sábado (25). Dois bandidos, em uma moto roubada, abordaram um casal que trafegava em outra moto, em uma avenida bastante movimentada, em São Paulo. As cenas lamentáveis aconteceram nesta sexta-feira (24), no final da tarde, como mostram as informações que aparecem no canto inferior, do esquerdo da filmagem.

Os bandidos encostaram ao lado do casal, com o garupa portando uma arma, e anunciaram o #assalto. O homem da moto roubada, que tinha uma câmera no capacete, para o veículo no meio da rua e ele e sua esposa descem.

"Não tenho arma não, taí a moto aí”, diz o homem, ao ser abordado.

Publicidade
Publicidade

Os bandidos perguntam da chave e o homem assaltado, se afastando com sua esposa, identificada apenas como Eliane, diz: “ali no chão”.

O casal sai correndo entre os carros que estão parados em uma cena que lembra um filme de ação. “Corre, Eliane, corre”, diz. De repente, os bandidos reaparecem porque não encontraram a chave.

“Caiu lá a chave”, diz o homem que foi assaltado. “Vamos lá procurar. Tá lá a chave, tá lá meu. Não tá comigo, caiu lá. Tá lá, eu te juro, tá lá”, prossegue, desesperado.

O bandido que pilotava a moto diz para o comparsa em alto e bom som. “Mata ele, mata ele”. “Não me mata não cara”, implora o assaltado. Circula pela internet a versão de que o bandido deu um tiro na vítima.

Mas ao analisar a imagem detalhadamente, percebe-se que o bandido deu uma coronhada no homem, que entra em um quintal e sobe as escadas enquanto sua mulher grita desesperadamente.

Publicidade

O casal assaltado não foi identificado até o momento. Provavelmente, os bandidos foram embora sem levar o veículo.

Moto roubada

Os dois assaltantes estavam em uma moto cuja placa era EXB 8530. Em uma pesquisa na internet, pelo site do Sinesp Cidadão, módulo do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, o veículo Yamaha Lander XTZ 250, do ano de 2011, está com o status de roubada.

Se alguém tiver informações sobre este veículo, deve procurar as autoridades. O site da Sinesp alerta que não é recomendável fazer a abordagem quando se encontra um veículo roubado. O ideal é chamar a polícia. #Roubo de moto