Um #Acidente, que poderia ter proporções mais graves, envolveu vários veículos, feriu uma criança e acabou com um motorista, aparentemente embriagado, linchado por populares. O caso aconteceu na noite deste sábado (11), no bairro Vossoroca, em Votorantim, na região de Sorocaba.

Segundo informações publicadas pelo site da Gazeta de Votorantim, por volta das 20 horas, o homem, identificado pelas iniciais S.G.S.F, de 35 anos, morador do Jardim do Sol, em Sorocaba, trafegava em alta velocidade com um automóvel Volkswagen Bora pelas ruas do bairro Vossoroca. Ao entrar na Rua José Thomaz da Costa, que é uma via bastante estreita, ele colidiu com vários veículos que estavam parados.

Publicidade
Publicidade

Em frente ao local, existe uma #Igreja cristã que, no momento, realizava um culto. Dessa forma, o acidente poderia ter sido com proporções mais graves, caso as pessoas estivessem deixando o templo.

Não satisfeito com todo o tumulto causado, o condutor do Bora deixou o local e acabou batendo em outros dois carros que também estavam estacionados em outra via nas proximidades. Mesmo assim, ele ainda continuou fazendo as barbeiragens até provocar um terceiro acidente, agora nas proximidades da Avenida Altamiro Ferreira da Silva. A batida provocou ferimentos em uma criança de 9 anos, que provavelmente se machucou pelo impacto e pressão do cinto de segurança. Ela foi atendida pelo Corpo de Bombeiros, que a levou para o Pronto Atendimento da cidade, onde ficou em observação.

Revoltados, populares partiram para cima do motorista e começaram a agredi-lo, em uma clara tentativa de linchamento, além de atirar pedras contra seu veículo, que naquela altura já não estava em boas condições.

Publicidade

A Polícia Militar foi chamada, impedindo que o motorista apanhasse mais. Ele foi conduzido à Delegacia Central de Votorantim, onde se recusou a fazer o teste do bafômetro. Em razão da negativa, foi solicitado que ele fizesse um exame de sangue para constatar em seu organismo a presença de álcool. Pela manhã, alguns veículos ainda estavam no local da primeira batida e era possível notar pedaços de peças de carros pelos arredores. #Casos de polícia