O circuito interno de uma loja especializada em vendas de cabelos naturais e perucas registrou toda ação dos bandidos. O estabelecimento tinha acabado de abrir, as imagens mostram as funcionárias sendo rendidas por um dos suspeitos que entra e logo anuncia #o assalto. O #Crime aconteceu nesta sexta-feira dia (7), na Lapa, zona Oeste de São Paulo.

O segundo suspeito chega em seguida se passando por um entregador de panfleto, #as vítimas são levadas para uma sala nos fundos da loja. Enquanto isso, o terceiro comparsa também chega ao local. Em outra imagem podemos observar as funcionárias já rendidas sentadas em um sofá.

O homem se aproxima com uma arma escondida debaixo da blusa e rouba o celular de todo mundo.

Publicidade
Publicidade

Ele chega fazendo um sinal pedindo silêncio. Na sequência, os bandidos voltam para frente do estabelecimento e colocam em sacos plásticos, mais de trinta quilos de cabelos naturais, perucas e acessórios. Eles trancam a porta do quarto onde estão as funcionárias e fogem rapidamente.

Ainda assustada, a gerente relatou os momentos de tensão. "Terrível, os dez minutos da minha vida, inesquecível, muito inesquecível", relata ela. A polícia investiga agora se essa quadrilha é especializada nesse tipo de crime. Os bandidos entraram na loja e sabiam exatamente o que queriam, levaram apenas os cabelos naturais que estavam expostos na vitrine.

Durante dez minutos, as funcionárias ficaram sob a mira dos bandidos, uma moça que trabalha na loja ainda relatou muito nervosa o momento do assalto. "Bom, eles chegaram bem tranquilos, parecem que já são especializados no que fazem.

Publicidade

Há todo momento eles tentavam acalmar a gente acho que pra eles também não ficarem nervosos, pra conseguir finalizar o crime", comentou a trabalhadora.

A mulher ainda relatou que apenas o homem que estava armado foi mais violento com elas. Mas elas resolveram ficar calmas para que nada mais grave pudesse acontecer. Apenas 30 minutos depois do crime, as funcionárias ainda estavam se recuperando do susto e foram surpreendidas por outro grupo de criminosos.

Em outra imagem é possível ver os quatros suspeitos entrando na loja. Mas eles são avisados que tudo já tinha sido levado há pouquíssimo tempo. A dona Vera, gerente do estabelecimento, que já estava bastante nervosa, acabou passando mal e desmaiou no meio da loja.

"É realmente, foi meu limite. Porque o primeiro você já fica sem reação, mas foi uma coisa rápida e recuperamos do susto, veio o segundo né. Aí eu desabei, não aguentei", disse a dona Vera, bastante abalada. Ela disse ainda que não estava acreditando que após 30 minutos que tinha sido assaltada outras pessoas queriam assaltar novamente a loja. Veja as imagens.