Jovens descendentes de coreanos começam a mudar a cara do #Bom Retiro, bairro da região central de São Paulo. Eles estão inovando e dando uma nova cara para a região. Em pouco tempo teremos uma nova Liberdade (Bairro tradicional de cultura japonesa em São Paulo).

Além do ramo de confecção de roupas, que é muito forte nas regiões centrais da cidade, a nova geração aposta em outros tipos de negócio na tentativa de atrair uma nova clientela.

O Bom Retiro recebeu muitos imigrantes do mundo inteiro; Italianos, gregos e judeus passaram por aqui e transformaram o lugar em um dos mais miscigenados da cidade. Hoje a comunidade predominante que vive e trabalha no bairro é a da Coreia, são 48.000 coreanos em São Paulo, sendo 30.000 só no Bom Retiro.

Publicidade
Publicidade

Andando pelas ruas do bairro, podemos perceber a quantidade de lojas de roupa que estão por lá, muitos coreanos trabalhavam e ainda trabalham no ramo das confecções. Já os mais jovens investem em novas formas de trabalho, como, por exemplo, as cafeterias especiais que produzem o seu próprio café.

O grão é produzido em uma fazenda no interior de Minas Gerais, mas todos os processos seguintes são realizados no estabelecimento de São Paulo. Mesmo caracterizado como negócio de família, a nova geração tenta trazer algo a mais, apostando em muita inovação e tecnologia. Essa é uma característica presente em jovens do mundo inteiro.

O ramo de confecção têxtil não é mais atraente para as novas gerações de imigrantes em São Paulo, pois os descendentes estão partindo para novas áreas como medicina e direito, além empreender em diversos setores menos tradicionais.

Publicidade

Anos atrás, a maior parte dos imigrantes estava limitada às indústrias do subúrbio urbano, porém, com a incorporação dos costumes e cultura brasileira, este quadro mudou significativamente.Os descendentes são diferentes de muitos imigrantes do passado, pois adquiriram fluência nativa em português, além de conhecer a cultura e as necessidades da população brasileira; Características necessárias para a adaptação ao mercado.

Certamente, as mudanças trouxeram melhorias para região, pois são abertas, anualmente, mais cafeterias, sorveterias, padarias. Estabelecimentos indispensáveis para a flexibilidade da economia local.

A união da colônia coreana traz #Turismo e diversifica o comércio no Bom Retiro. Estamos caminhando para mais um ponto asiático, assim como o bairro da Liberdade. São Paulo só tem a ganhar. #Padarias