Saiu da #Prisão na manhã desta sexta-feira (12) a detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais, e deve voltar na próxima quarta-feira (17); o noivo foi buscá-la no portão da penitenciária.

Ironicamente, a "moça jovem" que matou os pais, saiu hoje da Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, para comemorar o dia das mães, isso graças à "saidinha", que é um beneficio dado aos presos do semi-aberto que demonstram bom comportamento enquanto detentos.

O benefício não se estende aos presos do regime fechado, a Lei de Execução prevê saída temporária para visitar a família, que pode ser concedida cinco vezes ao ano.

Publicidade
Publicidade

Benefício

O benefício da saída para todos os presos do semi-aberto se estende à 5 datas comemorativas:

a) Natal/Ano Novo;

b) Páscoa;

c) Dia das Mães;

d) Dia dos Pais;

e) Dia das crianças.

O preso que não retornar até o prazo será considerado foragido.

Saída no ano passado

Na páscoa do ano passado (2016), Suzane teve sua primeira saidinha autorizada, após a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. Na época, causou grande polêmica entre os internautas que ficaram indignados pela natureza hedionda do crime de Suzane. Muitos chegaram a questionar a decisão, pois a saídas servem para visitar a família, sendo que Richthofen assassinou a sangue frio os pais, para ficar com a herança.

Saída de Suzane, divide opiniões

Enquanto muitos acham um absurdo Suzane ter direito à saída, outros acham normal, e defendem que o benefício visa a ressocialização.

Publicidade

Entre os comentários, ressalto alguns que chamaram a atenção nas redes sociais:

Favoráveis:

"Não entendo a raiva desse povo, se a lei diz que todas as detentas tem direito a visitar suas mães, então por que essa moça não pode também ? Chega de ódio, por favor!", escreveu nos comentários do G1 Giovanna Fisher.

"Linda mulher, foi seduzida e mal influenciada ainda jovem e fez uma bobagem, todos já fizemos besteiras nessa vida, não devemos criticá-la e sim torcer para que ela seja feliz, que tenha uma família, filhos e quem sabe virar crente, ser obreira e salvar almas, força menina o país torce por você sim", declarou Ricardo Vilai.

Comentários contra a saidinha

"Uma pessoa que é capaz de matar os pais tinha que ficar atrás das grades pelo resto da vida, saidinha das mães? Piada! Só no Brasil mesmo, vai visitar a mãe no cemitério??", comentou Sérgio Silva

"Com está nossa justiça este país não tem a mínima chance de um dia melhorar, uma justiça que libera uma condenada por matar a mãe no dia das mães, onde vamos parar?!", comentou Cleber Quadros.

E você? Qual sua opinião sobre o caso? #Suzane Richthofen #indulto