Um crime bárbaro deixou os moradores de #Cachoeira Paulista em choque na noite desta quarta-feira (12). A população da pequena cidade, conhecida por ser a sede da emissora católica TV Canção Nova, acordou entristecida e, ao mesmo tempo, inconformada com notícia da morte de #Mãe e filha, juntas. As duas foram assassinadas a golpes de facão, com requintes de crueldade, durante uma possível tentativa de assalto.

Segundo informações da Polícia Militar, os corpos das vítimas foram encontrados dentro da casa onde elas moravam, no bairro Embauzinho, por volta das 19h30. As vítimas, identificadas como Maria Aparecida dos Santos Marques, de 48 anos, e Mariana Marques Rodrigues, de 17, foram atingidas em várias partes do corpo.

Publicidade
Publicidade

A mãe teve ferimentos no rosto, pescoço e tórax. Já a filha foi atacada com golpes de facão no quadril e no rosto.

PM foi acionada após sumiço de mãe e filha

Segundo informações da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, vizinhos da residência das vítimas acionaram a polícia porque eles estariam desaparecidas nos últimos dias.

Diante do chamado, a PM deslocou uma viatura até a residência e encontraram um vão na janela. Eles conseguiram entrar e logo encontraram mãe e filha mortas, na sala.

Ao vistoriar o local, os policiais detectaram a existência de sangue nos fundos da residência. Eles acreditam que o sangue tenha caído no chão quando o criminoso que invadiu a residência fugiu.

Mesmo tendo sido invadida, a residência não apresenta qualquer sinal de arrombamento. A arma utilizada no crime não foi encontrada e o aparelho de telefone celular das vítimas também não foi achado, o que pode confirmar a tentativa de assalto.

Publicidade

Agora, o caso está sob investigação da Polícia Civil.

Moradores do bairro estão apavorados

A cidade de Cachoeira Paulista, que tem pouco mais de 32 mil habitantes, é considerada um local de oração e integra o circuito religioso do Vale do Paraíba, composto ainda pelas cidades de Guaratinguetá, terra de São Frei Galvão, e Aparecida, onde fica o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

O crime chocante contrasta-se com a realidade da cidade, que tem entre as suas principais atividades o turismo religioso, que movimenta milhares de peregrinos em busca da prática espiritual.

Os moradores do bairro onde a tragédia aconteceu estão apavorados. Muitos divulgaram a notícia nas redes sociais e afirmaram que essa não é a primeira vez que atos de violência acontecem naquela localidade.

"Muito triste mesmo uma tragédia dessas aqui novamente. Fiquei muito abalada com essa noticia", disse uma moradora da cidade, em postagem no Facebook. "Sem palavras. Muito triste e revoltante. Como alguém pode ter tanto sangue frio pra fazer uma barbaridade dessa? Santo Deus", questionou outro internauta.

Publicidade

Essa não é a primeira vez

De fato, essa não é a primeira vez que um crime cruel envolvendo adolescentes acontece no bairro. Em janeiro deste ano, uma menina de 12 anos morreu baleada, após sair de uma igreja evangélica, por volta das 22 horas.

A menina e seus familiares saíram de um culto e estava voltando para casa, já dentro do caro. A família foi abordada por ladrões, que tentaram roubar o veículo e a vida da pré-adolescente acabou ceifada, na ocasião. #assassinato