Uma das diversas escolas municipais do governo João Doria está marcando os alunos na fila da merenda, para que os mesmos não repitam a alimentação naquele dia.

O fato, constatado na Escola Municipal João Amós Comenius, na Brasilândia, zona norte da grande São Paulo, vem intrigando pais e alunos diariamente. A marcação é feita na mão da criança, com uma bolinha feita à canetinha. A atitude, que foi implantada após os estudantes voltarem de férias no início deste mês, visa 'classificar' os alunos que já receberam merenda, para que os mesmo não retornem a fila e se alimentem uma segunda vez.

Depoimentos

De acordo com os pais e responsáveis pelas crianças que estão matriculadas na Escola Municipal João Amós Comenius, por diversas vezes os mesmo já se queixaram do lanche, afirmando que professores e serventes se negaram a dar-lhes alimento, quando os mesmos pediam para repetir.

Publicidade
Publicidade

Segundo declaração dada pela estudante Brenda Soares, o irmão de 10, matriculado na escola, frequentemente chega em casa com uma bolinha pintada em uma das mãos, indicando que o mesmo foi servido uma vez e não poderá repetir a merenda naquele dia.

O filho do mecânico Raony, Pietro, de 05 anos não pode mais repetir o achocolatado servido na parte da manhã que ele tanto gosta. De acordo com o pai: ''Na última reunião de pais, que aconteceu dia 05 de agosto, a diretora da escola informou sobre uma mudança no cardápio das crianças e disse ainda que recebeu ordens alertando que a repetição não seria mais permitida na escola.''

Posicionamento da prefeitura

Após as denúncias, realizadas pelos pais e responsáveis através da jornal 'Agora', a Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo informou que 'condena esse tipo de prática' e que urgentemente tomará providências para que esse tipo de constrangimento não se repita nos colégios municipais e que as crianças recebam sem restrição a alimentação de qualidade entregue semanalmente às escolas da rede pública de ensino.

Publicidade

Ainda a fim de tentar justificar a atitude, o órgão municipal afirmou que o novo cardápio da merenda escolar composta por um mix de produtos naturais e industrializados, começou a ser adaptado nas escolas há cerca de 15 dias e que alguns ajustes ainda seriam feitos.

Segundo informações passadas pela prefeitura, o novo cardápio adaptado nas escolas da rede, conta agora com uma gama maior de alimentos frescos, que visam uma alimentação mais saudável e nutritiva que a anterior composta basicamente por produtos industrializados. #colégios públicos Brasil #merenda nas escolas Brasil #merenda crianças brasileiras