Três pessoas de uma mesma família morreram na tarde desta segunda-feira (22), em um acidente envolvendo uma carreta, no km 227 da pista lateral da rodovia Presidente Dutra.

O acidente aconteceu por volta das 15 horas, no viaduto que liga a via Dutra à rodovia Fernão Dias, na região de Guarulhos (Grande São Paulo).

A carreta, que transportava chapas de aço, tombou na alça de acesso, quando deixava Guarulhos em direção à cidade de Goiatuba, Goiás. No veículo, estavam um casal e mais duas crianças, com idades entre cinco e oito anos. Três morreram na hora - pai, mãe e uma das crianças. A outra, felizmente saiu ilesa e foi encaminhada para o hospital Nipo-Brasileiro, pelo SAMU.

Publicidade
Publicidade

De acordo com Jander Silva (52), metalúrgico, que presenciou toda a cena de perto, a carreta vinha em uma velocidade de aproximadamente 40 km/h; o que desmente a Polícia Rodoviária Federal.

"É impossível um caminhão desse porte vir a tombar, em uma velocidade tão reduzida... No mínimo, esta carreta fez a curva a 60 km/h", afirma um dos policiais que estavam no local.

Com o acidente, a via de acesso foi totalmente bloqueada durante um período de aproximadamente 4 horas. Por ocasião do trânsito que se formou na região, motoristas faziam conversão proibida, passando pelo canteiro central da Fernão Dias.

O tráfego foi liberado por volta das 17 horas, mas a Dutra ainda mantém grande lentidão no sentido do Rio de Janeiro e redução de velocidade na Fernão Dias, sentido São Paulo.

Um dos irmãos do condutor da carreta, chamado Antônio (48), compareceu ao local momentos após o acidente.

Publicidade

Em uma entrevista concedida a mim, o senhor Antônio informou que soube hoje pela manhã da estadia do irmão na cidade de São Paulo e insistiu muito por telefone, para que eles não retornassem hoje para a cidade de Goiatuba - GO, local onde residiam.

O viaduto que liga a via Dutra a Fernão Dias é alvo de constantes acidentes. Segundo uma testemunha, no mês passado, uma outra carreta virou no mesmo local, vitimando uma pessoa.