É triste, mas ouço quase todos os dias em noticiários que o povo brasileiro - principalmente os que vivem em grandes cidades tomadas pela violência - tornou-se insensível à brutalidade vista e vivida no dia a dia. Que esse povo - que sempre foi tão amistoso, tão gentil e tão solidário - de tanto ver atos bárbaros sendo cometidos a todo momento sem quaisquer punições, foi aos poucos se acostumando com a violência a ponto de não se estarrecer com mais nada. Que esse povo aprendeu a banalizar tudo!! Infelizmente, diante de algumas situações vividas pelos brasileiros nas últimas décadas, podemos até dizer que isso é, em parte, verdade. Temos históricos ilustrativos de "cenas" assistidas de camarote (na época da plena ditadura), que apesar de serem estarrecedoras demandaram poucos movimentos no sentido de mostrar toda revolta contida no peito desse povo, por inúmeras razões!

Ontem, no entanto, vi uma notícia que me chocou profundamente, apesar de estar já com o couro grosso e também fazer parte dessa massa que, supostamente, já não se estarrece com mais nada! De certa forma fiquei feliz, porque percebi que apesar do rótulo, ainda tenho (ou temos), capacidade de me sensibilizar com alguns absurdos que vejo (vemos), por ai.

Publicidade
Publicidade

A notícia estarrecedora vem da Câmara dos Vereadores de Goiânia.

Pasmem senhores, mas o presidente da Câmara, que é bastante conhecido por suas proezas e atitudes desastrosas, dessa vez ultrapassou todos os limites do bom senso e da realidade! Ele mandou instalar na arena da Câmara (gastando alguns milhares de reais do povo), uma redoma de vidro para separar o povo dos vereadores - (o mesmo povo que elegeu esses raros exemplares da raça humana), sob o falso pretexto de estar dando segurança a esses políticos.

Meu Deus, tudo isso é muito triste de ver, de ouvir, assistir e mais ainda de relatar, posto ser algo inconcebível no mundo de democracia em que - pelo menos ilusoriamente - vivemos. Isso realmente fere a alma, machuca o coração, nos deixa sem chão. Isso dói muito, é claro que dói, mas o que dói mesmo é saber que esse mesmo senhor quando entrou, sem pedir licença, nas casas desse mesmo povo para pedir os votos de que precisou para se eleger e supostamente representar o povo, ali nunca encontrou um aquário desses separando-o do povo!!!

Por isso tudo, um viva ao povo brasileiro! Quanto ao senhor, Sr.

Publicidade

presidente, apenas para não ser mal educada, vou pedir mil perdões antes de lhe dizer duas coisas: 1) Senhor, os vereadores não estão precisando da pseudo "segurança" que o senhor está lhes oferecendo, pois não estão em perigo, muito menos o senhor! 2) O povo não é (nem está), alheio a nada, está apenas petrificado por ter reconhecido, tardiamente, que elegeu "mulas" como representantes de seus interesses! Mas não tem nada não, outras eleições virão!!

#Opinião