Vivemos num mundo onde a tecnologia evolui muito rápido., Lembro-me de 15 anos atrás dos famosos tijolões e hoje nossos famosos smartphones, fora outros modelos de aparelhos que nem se sonhava e que fazem a alegria de jovens e principalmente da criançada. Basta observar nas escolas, nos parques e nas residências: geralmente há um grupo de crianças com o seu tablet ou celular ultra moderno, conectados na internet, navegando em redes sociais e jogando com os aplicativos, dificilmente estudando, é claro.

A criançada nasce praticamente sabendo usar esses aparelhos modernos que nós pais, no geral, custamos a aprender, e quando aprendemos a usá-los, baixamos uma atualização e muda toda a configuração, e é muito comum escutar um pai chamando o filho de 8 anos para explicar como usar o moderno aparelho.

Publicidade
Publicidade

Maravilhosamente temos filhos que são gênios, usam a tecnologia com a maior facilidade. Mas a usam com sabedoria? Nós pais estamos sabendo orientá-los quanto ao uso desses aparelhos?

Crianças que nem sabem ler já tem o seu celular ou tablet, se divertem com jogos e com desenhos que conseguem acessar. Escuto relatos de pais reclamarem que os filhos acordam de madrugada e a primeira coisa que fazem é pegar o seu aparelho. Obtive relatos de professores contando que sua turma primária traz o seu próprio tablet e celular moderno para atividade em grupo, para sua recreação! Não consigo concordar que isso seja saudável! Crianças em casa cujo único divertimento é o vídeo game, são experts no assunto, vencem todas as batalhas.

Será que esses pais não se dão conta que estão tirando a infância dessas crianças? O que houve com a ciranda, com a bola, com o jogo de taco, bolas de gude ??? Cadê as crianças sujas de terra até as orelhas, com calças furadas de se arrastarem no chão, cadê os "hematomas " saudáveis ou até um braço quebrado, a famosa unha arrancada do carrinho de rolimã ? Não estou sendo cruel a me referir a esses machucados e não quero o mal de nenhuma criança, mas a geração de gênios modernos online está longe de ser feliz como era a geração passada.

Publicidade

Obviamente que não podemos privar nossas crianças dessa tecnologia, precisamos inseri-las no mundo moderno, mas sem esquecer as coisas simples da vida! Está faltando mensurar as duas coisas, precisa haver equilíbrio em tudo isso. Faz bem se sujar, rolar na terra, cair de bicicleta, ser moleque!

Volto a dizer que não sou contra a tecnologia, ela é importante, só coloco aqui que nós, os pais, estamos esquecendo de ensinar o valor das coisas simples e pequenas. Vejo pais dando o próprio celular a seu filho apenas para vê-lo quieto, para não "encher". Vejo pais esquecendo-se de brincar com os seus filhos, esquecendo-se de deixar eles agirem como crianças!

Está faltando sermos mais humanos. Precisamos nos dar mais tempo e frear tanta tecnologia dentro de casa. #Educação