Às vezes me pergunto: o que se pode fazer para driblar a saudade? Ninguém tem uma receita, mas o fato é que a dor da ausência de quem se gosta, dói muito. O pior é que essa dor aumenta ainda mais quando estamos fragilizados, seja por problemas familiares ou até mesmo pelo vazio que a vida cotidiana nos traz. Muitos vão dizer que basta nos arrumarmos bem, reunir os amigos, sair para balada ou até mesmo irmos para shoppings, comprar tudo que se vê pela frente, e aí, tudo se resolve. Eu não acredito nisso, acho que ainda não se descobriu algo melhor, do que se estar com quem se quer ou viver a vida de acordo com o desejo de nosso coração.

O fato é que viver a vida conforme desejamos, muitas vezes não é possível, mas também não acredito que este consumismo desenfreado possa preencher o vazio da alma e do desejo escondido lá no coração.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, as pessoas vivem conectadas a internet. É como se elas tivessem a possibilidade de construir a vida perfeita, sem problemas, sem tristezas e decepções. Mas, a verdade, é que o que se cria é um mundo virtual e vazio, sem sentimentos e pessoas reais, que supram a falta de amor e carinho deste mundo frio e imediatista que se modifica a cada momento.

Muitos, para suprir o vazio de suas vidas, contam suas histórias nas redes sociais, uma forma de atrair pessoas que sentem a mesma sensação. Uma sensação as vezes guarda a sete chaves, que poucos conseguem colocar para fora.

Neste mês de dezembro, época em que a saudade está latente, as pessoas que têm condições financeiras buscam extravasar suas emoções em presentes, festas e viajar. Já aqueles, que não tem dinheiro e nem amigos, amargam na tristeza de suas casas vazias.

Publicidade

E o vazio, assusta. Assusta, por que somo seres sociáveis que buscam brechas para se sobressair diante das adversidades da vida. Adversidades estas que nos consomem e pregam peça em nossas mentes e até mesmo o nosso coração. Aliás, o coração é um órgão sofrido, a ele direcionamos tudo, nossas melhores e piores emoções. E é essas emoções que somadas, ao longo do tempo, vão deixando marcas no corpo e na alma. E mesmo assim, segue batendo forte e ansiando por dias melhores.

Afinal, essa tal saudade, que chega repentinamente nos corrói a alma e faz com que busquemos alternativas para sermos mais felizes. Talvez, você não sinta nada disso, mas sempre existe algum motivo para estar em busca de algo ou alguém. Todo mundo foge da solidão, mas as vezes, nem mesmo quando estamos rodeados de pessoas, é o suficiente para calar aquela dor que vem forte ao coração. Por isso, eu hoje resolvi perguntar: o que você faz para matar sua saudade? Que formas de viver você faz para fugir da saudade e da solidão? #Família #Opinião