Muitas são as fórmulas, maneiras e manuais para se conquistar um emprego. A maneira como uma pessoa se apresenta em uma entrevista - por exemplo -, é primordial. Por esse motivo, é indispensável que o candidato siga algumas orientações, a fim de obter êxito em uma entrevista.

Itens como traje, postura, educação, clareza quanto às perguntas propostas, são essenciais. É muito bom também falar sobre suas principais qualificações profissionais e acadêmicas, sempre relacionando com a vaga de interesse. Demonstre interesse na vaga e diga o quanto ela poderá contribuir para o seu crescimento profissional. E nunca se esqueça de uma peça fundamental: sempre termine as suas falas com alguma coisa positiva.

Publicidade
Publicidade

Diga que é perfeccionista, autocrítico, pois são características que na verdade, serão interpretadas como positivas.

De contra partida, deve-se evitar ao máximo chegar atrasado, mendigar #Trabalho, arrogância, mascar chiclete, braços cruzados, cortar a palavra do entrevistador, sobrancelhas franzidas, ficar colocando a mão na cabeça o tempo todo, falar mal da empresa ou chefe anterior, falta de interesse na vaga, aumento de salário, palavras negativas (principalmente o termo demissão) etc. Evite descrever sua personalidade como sendo 'marcante', 'difícil', 'forte', pois tais características podem denotar que você é uma pessoa difícil de se conviver no dia a dia, ou forte demais para ser intransigente. Há outros requisitos a serem observados, que são de suma importância.

O candidato precisar ter em mente que o mercado é competitivo.

Publicidade

As estatísticas chegam a ser até mesmo desanimadoras - de cada 20 mil a 25 mil candidatos, para 20 a 25 vagas. Há casos em que a procura para esse número de vagas ultrapassa a marca dos 100 mil pretendentes.

Apesar da maioria não se dar conta, é bom levar em consideração que, o simples fato de alguém chegar para uma entrevista de emprego, já sinaliza que ela passou por um rigoroso critério de seleção, ou, como diriam os mais simplistas: passou pela peneira. Porém, isso é apenas o início. Pois agora, é que começará a verdadeira competição. Afinal, o candidato estará entre concorrentes que possuem mais ou menos o seu preparo. A mesma formação, a mesma competência tecnológica, a experiência profissional, a mesma língua.

As perguntas que serão feitas pelo entrevistador servem para a avaliação da personalidade e desenvoltura dos candidatos. Dito isso, é bom que voltemos ao que foi exposto no início do texto: mencione apenas aspectos positivos de seu comportamento, mesmo quando falar de seus pontos fracos. E evite palavras negativas.

Todas estas orientações servem para ampliar as chances para que o candidato se saia bem numa entrevista e conquista o emprego que tanto deseja.

O momento da entrevista é a ocasião que o selecionador tem para conhecer o candidato à vaga que está sendo proposta. À vista disso, é de suma importância que o entrevistado saiba conquistar o seu espaço na primeira oportunidade.