Assistindo a uma reportagem agora há pouco, vi que cerca de 750 obras públicas estão sobre suspeita no esquema do doleiro Alberto Youssef, demonstrando o quanto está sendo desviado de dinheiro público. A Caixa de Pandora está aí, sendo escancarada para todos verem e, mesmo assim, a resposta não está sendo dada de maneira ostensiva como deveria ser. A Petrobrás, por maior que seja o desvio, pelo que parece é apenas a ponta de um iceberg do assalto que vem sendo praticado pelo bando que comanda o país nestes últimos anos. Estamos assistindo ao maior estelionato político e econômico da história brasileira e, pelo andar da carruagem, fica difícil imaginar uma solução democrática para dar um basta nesta situação.

Publicidade
Publicidade

Sim, porque o que estamos presenciando em nosso país é uma verdadeira impunidade tomando conta da situação. Políticos se utilizando da premissa de que não sabiam de nada, condenados sendo beneficiados para trabalharem com altos salários, enquanto milhares de pais de família sequer conseguem um emprego digno, o Ministério Público e a Polícia, tanto Federal como Estadual, investigando e prendendo criminosos e a Justiça aparelhada soltando os mesmos. É triste ver que há pouco tempo, nas eleições, tivemos a oportunidade democrática de dar um basta nesta situação, mas em virtude de um programa de auxílio social, do qual quero deixar claro que não sou contra, mas acho que não deve ter dono, pai ou mãe, e de uma falta generalizada de informação da população a respeito da verdadeira realidade do país, infelizmente foi desperdiçada.

Publicidade

Mas o que me incentiva a continuar escrevendo é observar que, apesar de perder a batalha nas urnas, por enquanto ainda não perdemos a guerra contra o fim da República Brasileira. Está em pauta no Congresso mais uma tentativa do Governo de rasgar a nossa Constituição e legislar por conta própria, e os pseudo- representantes do povo estão se vendendo por benesses financeiras e cargos ministeriais. Por outro lado, fico estarrecido ao ver uma determinada rede de televisão disponibilizar um helicóptero para cobrir uma manifestação do Movimento do Cortiço, com cerca de 100 pessoas. Não que eu tenha algo contra a manifestação, pois acho justo que qualquer grupo que não esteja satisfeito com algo tenha o direito legítimo de se manifestar. Uma oportunidade que não foi dada pelo autoritário presidente da Câmara, ao proibir a entrada do povo no Congresso. Mas há alguns dias, milhares de pessoas estiveram na Avenida Paulista protestando contra o Governo e a grande mídia sequer registrou o acontecimento.

Publicidade

Sem representatividade no Executivo, sem representatividade no Legislativo e sem representatividade no Judiciário e com a grande mídia acanhada em acompanhar e apoiar as manifestações sociais com medo de perder seus generosos contratos publicitários, acho que somente com uma grande mobilização social poderemos mudar a situação para a qual estamos caminhando. Tanto hoje, 6 de Dezembro, na manifestação na Avenida Paulista, como nas demais manifestações, a população deve demonstrar o quanto está insatisfeita com a falta de representatividade que estamos vivendo e com a impunidade que assola o país e torcer para que a grande mídia lembre que quem assiste televisão é a população. Quem sabe dediquem um pouco mais dos seus segundos preciosos a mostrar que estamos nas ruas! #Opinião