Nos últimos dias temos visto noticias sobre os atos cometidos pelo Estado Islâmico, onde os seus elementos têm usado de muita violência com pessoas que negam o islamismo, mas não negam o cristianismo, assim gerando a violência e morte cruel dos mesmos. O fato de obrigar alguém a escolher algo é errado. Todos nós temos o direito de escolha, o chamado livre arbítrio, para podermos optar pela maneira de viver, escolhermos se fazemos o certo ou o errado. A maneira que vivemos é escolha nossa, e por isso devemos lutar para que esse direito seja bem entendido por todos.

Há hoje em dia uma guerra entre religiões, cujo resultado está sendo desastroso, mas isso poderia ser diferente se a humanidade entendesse qual é o verdadeiro propósito de uma entidade religiosa, para que ela serve, e que impacto ela causa em uma sociedade, se bom ou ruim.

Publicidade
Publicidade

Claro que sabemos que todas lutam por um objetivo, mas qual? O objetivo de ver um pais ou nação cada dia melhor.

Para escolher qual delas seguir, deverão analisar os resultados que ela está causando na vida das pessoas. Claro que aquelas que, assim como o islamismo, tiram a vida das pessoas que não a seguem, ninguém seguirá, pois uma #Religião que deixa todos horrorizados com sua práticas religiosas que saem da normalidade não poderia dever ser seguida, pois tornaria o mundo cada vez pior.

A vida é feita de escolhas; cada ser humano tem o direito de fazer a sua, mas que se faça bem feita, pois muitos hoje em dia fazem escolhas precipitadas ou erradas e acabam fazendo mal a si mesmos e ao seu próximo. Então, quando for escolher uma religião, faça de maneira bem pensada, analise qual é o papel que você vai exercer nela, e se você já tem uma, veja se está fazendo o seu papel; se a que você escolheu te ensina ou te dá liberdade para fazer o bem.

Publicidade

O mundo precisa de pessoas com pensamentos positivos, que sabem fazer boas escolhas; que não mudem somente suas vidas, mas que mudem uma nação. Só assim poderemos ter certeza as nossas obrigações estão sendo cumpridas.