Há muitos anos médicos vêm tentando descobrir uma forma de identificar em pessoas com personalidades estranhas, a tão famosa depressão que se diz ser uma doença para alguns psicólogos. Sim e realmente é uma doença e, muitas vezes, crônica.

A perda de um ente querido, um amor que se vai embora, um trabalho malsucedido e o desemprego são alguns dos motivos para entrar em uma depressão profunda seguida por angústia.

Robin Williams, um ator norte-americano maravilhoso, que chamava a atenção de que assistiram aos seus filmes, pois ficavam surpresos com tanto talento. O comediante se suicidou no dia 11 de agosto de 2014.

Publicidade
Publicidade

Anterior a essa tragédia já se ouvia indícios de sintomas de depressão, uma pré-disposição para uso de drogas e Mal de Parkinson.

Um de seus filmes que mais emocionou os telespectadores foi (O Homem Bicentenário), uma comédia dramática onde o robô Andrew tem um carinho muito especial por seus donos e luta por sua liberdade, mas vai percebendo ao longo dos anos, que todos que ele ama se vão e ele nunca morre. Então, começa sua trajetória em busca de se tornar um humano e poder morrer com o tal.

Robin ao saber do cancelamento de sua serie na TV "The Crazy Ones", se entregou de vez, Uma grande humilhação?

Sim, ele já trazia consigo um temperamento sensível e a tristeza de saber que, de certa forma, foi rejeitado. Isso foi a última gota.

Existem diversos casos de moças e rapazes que tiram suas próprias vidas por causa de um relacionamento de namoro terminado.

Publicidade

É a consequências de não suportar a dor da perda ou também o desprezo. Assim, começam os sintomas que, muitas vezes, nem a família percebe. Não dorme bem, tem pesadelos e começa há maltratar até os amigos ao seu redor.

Então, chega a sensação de estar desprotegido e abandonado não só pelo namorado (a), mas sim pelo mundo todo. Então chega a hora de dar uma forte assistência, pois dependendo do caráter da pessoa, além de matar quem é o amor perdido, pode acabar com sua vida.

Dicas: dar mais atenção a um parente deprimido, o amor e carinho da família e tudo de bom, nunca deixá-lo sozinho. Acompanhamento de médicos especializados e inevitável, principalmente no caso de mulheres que são violentadas ou assaltadas nas ruas. #Famosos