A Farra do Boi é uma tradição do litoral de SC, foi trazida pelos açorianos, que povoaram a região. Um boi é solto pelas ruas da cidade, enquanto os participantes correm dele, "brincando" com o mesmo.

Acontece que essa brincadeira maltrata o animal, que fica machucado e não raro, vai a óbito. Indefeso, bravo e sem saída, o animal fica perdido e muitas vezes acaba invadindo casas ou estabelecimentos comerciais, como já aconteceu.

Mas de uns anos pra cá, a farra é feita às escondidas, na calada da noite, em um local onde somente os participantes sabem - outros podem até saberem, mas não denunciam por medo, por sofrerem ameaças dos organizadores.

Publicidade
Publicidade

Apesar de ser considerado crime ambiental, a prática continua, pois os nativos alegam estar perpetuando uma tradição folclórica local. A pena para os farristas pegos é de R$ 3.000,00 e, apesar da legislação prever 3 anos de cadeia, as penas não passam do pagamento da multa.

A Farra do boi acontece geralmente no período de Páscoa - quando o boi simboliza Judas, por isso apanha e é maltratado. Mas recentemente, antes do reveillon, uma moradora de um bairro no norte da ilha de Florianópolis, enquanto trafegava por uma das vias principais do bairro, viu um boi magro e sangrando vindo em sua direção - atrás dele homens com paus e pedras. Ela desceu do carro e foi ajudar o animal, foi então que foi agredida. Pediu socorro em uma farmácia próxima e depois registrou a ocorrência. A polícia alega que não consegue evitar os eventos.

Publicidade

No ano passado, no período da Quaresma, outras 5 pessoas foram agredidas e um menino de 15 anos foi morto pelos farristas.

Agora, aquela pergunta que não cala: até que ponto uma tradição justifica a violência contra #Animais e contra pessoas? Quão mau é o ser humano que não aceita o fato de que certas tradições devem morrer, ficar no passado. O boi é Judas? Alguém os avise, por favor, que Judas já morreu.

O pior de tudo é que, não é somente na farra do boi que um animal é maltratado - outros animais todos os dias sofrem maus tratos. Cães e gatos são vítimas em potencial, alvo de pessoas ruins, que não têm amor no coração.

Você acha que uma pessoa que é cruel com animais é uma pessoa do bem? Eu não! 

Para finalizar: o destino dos bois apreendidos - machucados ou não, é o frigorífico. Vão direto para abate.  #Curiosidades