A primeira vivência de um ser humano é em meio de sua #Família. Essa lhe dará um sobrenome e uma condição social, pode ser ela de bonança ou condições financeiras escassas. É durante o processo de socialização familiar que lhe é ensinado os princípios aceitos pelos seus genitores,  princípios esses que a criança levará por toda sua vida.

Atualmente, todos os menores sofrem uma forte influência do meio físico e social em que vivem, sendo um agente interpretativo que tem a capacidade de impor aos pais seus desejos alvoroçados pela mídia. Ter todos os brinquedos do personagem favorito é o ideal de todas as crianças, porém até que ponto pode ser bom para um indivíduo sem discernimento do consumismo ganhar tudo o quer sem esforço algum?

Pressupõe-se  então que a consciência deve ser moldada pelos responsáveis, ou seja, a família tem um importante papel de impôr os limites e ensinar aos pequenos ter noção do que é necessário para que a intelectualidade não seja comprometida negativamente pelo excesso de brinquedos ou objetos não educativos ao longo da infância.

Publicidade
Publicidade

Incentivar a leitura desde os meses iniciais com livros contendo figuras grandes, coloridas, chamativas é importante para o processo de letramento, fazendo com o que a criança tenha desde cedo afinidade com o livro. A #Educação não vem de uma forma isolada, mas sim de uma interação com a cultura antes mesmo de ingressar no ensino primário.

Ao chegar na idade para ingressar na escola, a atenção dos progenitores deve continuar sendo voltada para seus filhos, não é apenas a escola que forma um cidadão culto, mas sim um laço entre escola-família. A escola tem o dever de incentivar a busca por um objetivo estimulando a vontade de aprender, porém o obrigação dos pais é acompanhar o desenvolvimento da criança dando a ela todo apoio necessário.

Atualmente as escolas têm reclamado da ausência dos responsáveis, porém na nossa sociedade ir à uma reunião de pais é tido como desnecessário.

Publicidade

É preciso entendermos que nossas crianças precisam da nossa atenção, afeto, disponibilidade para se sentirem amadas e protegidas, resultando então na auto confiança que o ajudará em ser a cada dia de sua vida um intelectual.