A presidenta Dilma fez a lista da nomeação com os nomes dos novos ministros e, entre eles, está o nome da professora Luma Andrade. A professora tem uma história: é a primeira travesti no Brasil a concluir o curso em doutorado. Os alunos da escola dela se uniram e fizeram uma mobilização para a nomeação dela. Ela ficou muito surpresa ao saber que o seu nome estava entre os escolhidos.

Luma está muito feliz e disse que está pronta para assumir qualquer profissão. Ela disse que ficou surpresa com as atitudes dos alunos, que isso tudo é fruto de muito trabalho na escola que leciona. Em homenagens aos funcionários públicos em 2010, ela recebeu uma medalha do governo do Ceará pelo seu mérito na #Educação.

Publicidade
Publicidade

Ela é muito dedicada no trabalho, gosta do que faz e conquistou muitos alunos com a sua dedicação.

Muitos candidatos à reitoria não gostaram de saber que o nome da professora estava na lista. Ainda existe o preconceito pelo fato da professora ser travesti. Ela mesma disse que isso não a impede de assumir o cargo, mas também, pode ser um fato que a impeça de seguir a carreira. Tem muita gente torcendo pela professora, seu nome está em aprovação.

Luma nasceu no Ceará, tem 37 anos e é professora há 16 anos, sempre lutou pelo que quis. Em 2012 concluiu o doutorado, surpreendendo muita gente. Ela foi a primeira travesti no Brasil, com um título de doutorado. Durante o percurso da sua carreira, ela enfrentou muitas dificuldades, mas nada impediu a professora de realizar seus sonhos. Ela sofreu muito preconceito por ser travesti, disse que foi agredida muitas vezes.

Publicidade

Os travestis sofrem muitos preconceitos pela sua escolha de gênero. Na nossa sociedade muitas pessoas não dão oportunidades para eles. Muitos encontram dificuldade na hora de arrumar um emprego. Luma é um exemplo para a sociedade, com sua luta e garra chegou na área educacional e fez acontecer. Conquistou um dos títulos mais invejável e demonstrou que tem garra.

Muitos brasileiros torcem pela professora e que seu nome seja aprovado. Outros não aceitam sua aprovação pelo fato dela ser um travesti. Mas, ela demonstrou que tem caráter e competência para exercer qualquer profissão.